Dólar com. 5.7055
IBovespa -1.4
27 de outubro de 2020
min. 24º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Segunda etapa da vacinação contra raiva imuniza cães e gatos no próximo sábado
24/09/2020 às 10h00

Geral

Guardiões da Caatinga: prova objetiva acontece em Craíbas neste domingo (27)

Programa da Mineração Vale Verde (MVV) pretende tornar cidadãos em verdadeiros guardiões ambientais

A Mineração Vale Verde (MVV) e o Instituto SOS Caatinga, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Craíbas, divulgaram nesta quarta-feira (23) o resultado das inscrições para a participação no processo seletivo do Programa Guardiões da Caatinga.

No total, 121 pessoas conseguiram se inscrever de forma correta e agora estão aptas para fazer a 1ª fase do processo seletivo. Os nomes já podem ser vistos virtualmente no www.vale-verde.com e www.institutososcaatinga.com.br ou presencialmente na Secretaria Municipal de Educação de Craíbas.

Atendendo aos anseios dos candidatos, a MVV e a ONG transferiram a data da prova para este domingo (27). O exame de múltipla escolha acontecerá das 8h às 10h na Escola de Ensino Fundamental Tenente Coronel José Barros Paes, no Centro de Craíbas.

A comissão organizadora recomenda que os inscritos cheguem pelo menos 1h antes do início da prova objetiva, portando documento oficial com foto e CPF. A caneta deve ser esferográfica azul ou preta. É obrigatório o uso de máscara de tecido para proteção facial e que sejam respeitados todos os protocolos de distanciamento. Devido à pandemia, para maior segurança e comodidade de todos, os candidatos serão distribuídos em sete salas distintas.

"O 'Guardiões da Caatinga' é um projeto sob medida, feito, sobretudo, para a população da zona rural de Craíbas com 30 anos ou mais. Assim, essas pessoas podem se reinserir no mercado de trabalho por meio dessa oportunidade única. Tivemos esse olhar mais amplo para o nosso bioma. É um curso com diversos módulos e duração de um ano. Ao término, teremos verdadeiros guardiões da caatinga ajudando a preservar a fauna e flora da nossa região", pontua o líder de Assuntos Corporativos e Regulatórios da MVV, Marcus Vinicius Peixoto, que esteve nas rádios Novo Nordeste e Pajuçara FM, ambas em Arapiraca. O projeto também foi destaque na TV Gazeta (confira reportagem na íntegra: abre.ai/materia-guardioes-da-caatinga).

O objetivo do Programa é justamente esse: desenvolver competências de cidadania e ambientais na população de Craíbas, uma das cidades alagoanas onde está situado o Projeto Serrote, o qual entrará em operação em 2021 com o beneficiamento de concentrado de cobre.

Desses 121 inscritos, 44 são das comunidades rurais vizinhas ao empreendimento. Os 25 selecionados serão capacitados com uma rica ementa sobre educação ambiental; botânica; tratamento e disposição de resíduos; reciclagem; fauna e flora do bioma Caatinga; identificação de animais com riscos à saúde humana; conhecimento de entidades governamentais relacionadas à conservação do bioma; e outros módulos.

Por sua vez, o processo seletivo será realizado em duas fases. A primeira é esta prova objetiva sobre conhecimento práticos, tendo o tema "Meio Ambiente e Natureza". O resultado dela será divulgado no dia 30 deste mesmo mês. Após essa etapa classificatória, nos dias 3 e 4 de outubro, haverá a segunda fase com entrevistas feitas por uma banca especializada aos 40 candidatos mais bem avaliados na prova.

A lista com o resultado dos 25 habilitados para o Programa Guardiões da Caatinga sairá a partir das 14h do dia 7 de outubro na Escola Municipal José Aprígio da Silva – também conhecida como "Escola do Pau Ferro" –, na Secretaria de Educação de Craíbas e no www.vale-verde.com.

Os encontros acontecerão apenas uma vez por mês, sempre no sábado e no domingo, com bolsa-auxílio de R$ 50 para cada participação. Isto é, R$ 100 por fim de semana concluído, somando R$ 1.200 no final do curso – os estudantes que participarem de 80% das aulas também receberão um certificado.

A iniciativa da MVV e SOS Caatinga promove, assim, a profissionalização e inserção dessas pessoas no mercado de trabalho, gerando trabalho, renda e cidadania.

Vale salientar que a participação no Programa não constitui qualquer vínculo empregatício com a mineradora, a ONG ou a Prefeitura de Craíbas. Para mais informações, entrar em contato via WhatsApp pelo (82) 9.8189-6016.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, com foco na produção de concentrado de níquel sulfetado e capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano, que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]