Dólar com. 5,366
IBovespa -1,18
21 de setembro de 2020
min. 23º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Senado aprova convite para Araújo falar sobre visita de Pompeo
11/08/2020 às 20h00

Geral

Governo de Alagoas autoriza construção de escola estadual em Cacimbinhas

Obra faz parte do lote de 12 novas unidades de ensino anunciado na semana passada

No Dia do Estudante, governador Renan Filho autoriza construção de escola estadual em Cacimbinhas - Márcio Ferreira/Agência Alagoas

No Dia do Estudante, a educação de Cacimbinhas foi agraciada com a autorização para o início das obras de construção de uma escola estadual de nível médio no município, localizado no Agreste alagoano. A ordem de serviço foi assinada, nesta terça-feira (11), pelo governador Renan Filho e a secretária de Educação, Laura Souza. A obra faz parte do lote de 12 novas unidades de ensino anunciado na semana passada pelo Governo do Estado.

“Esse programa tem como objetivo fazer com que o aluno possa estudar com qualidade perto da sua casa, de ampliar a oferta de ensino e de abrir espaço para a implantação da educação em tempo integral”, afirmou Renan Filho.

Num investimento de cerca de R$ 4 milhões, a nova escola estadual de Cacimbinhas terá capacidade para atender 800 alunos. Será dotada de 12 salas de aula, auditório, biblioteca, sala de informática, de grêmio e dos professores; além de laboratório, diretoria, coordenação, secretaria, refeitório, cozinha, banheiros, quadra coberta e campo society.

Atualmente, Cacimbinhas conta com uma escola da rede estadual, a Muniz Falcão, que atende 414 estudantes do município e cidades vizinhas. São 190 alunos no turno matutino e 224 no vespertino. A unidade possui apenas cinco salas de aula, um pátio pequeno, cozinha, sala dos professores e secretaria.

Segundo a secretária Laura Souza, a nova unidade vai absorver os estudantes da Escola Estadual Muniz Falcão e ampliar a oferta de ensino no município.

“A escola tem capacidade para atender até 800 alunos. Como em Cacimbinhas nossa meta de atendimento é de cerca de 400 estudantes, a gente espera que essa nova escola possa atender no regime integral a partir do ano letivo de 2022, que é um modelo muito bem sucedido e que vem apresentando resultados muito positivos no IDEB e no ENEM”, comentou Laura Souza. Alagoas já possui 62 escolas que funcionam em tempo integral.

A solenidade de assinatura da ordem de serviço ocorreu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares e foi prestigiada pelo prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley; pelo vice-governador, Luciano Barbosa; pelo deputado federal Isnaldo Bulhões; e pelo médico e ex-vice-governador José Wanderley.

O cardiologista foi aluno da Escola Estadual Muniz Falcão e agradeceu ao governador pela nova estrutura, destacando a importância da educação para formação profissional e cidadã.

“Paulo Freire dizia que a educação não muda o mundo, muda as pessoas e as pessoas é que mudam o mundo. Fico muito feliz porque foi nessa escola em que eu comecei a minha vida e, modestamente, tenho tentado mudar o mundo na minha atividade profissional”, declarou José Wanderley, pai do prefeito de Cacimbinhas.

“Esse é um momento de muita emoção para mim e para todo o município. A Escola Muniz Falcão tem 60 anos de existência, já formou centenas de profissionais para o mercado de trabalho, dentre eles o meu pai, doutor Wanderley, que era um dos que mais me cobravam o início dessa obra”, recordou o prefeito.

Na semana passada, o governador e a secretária de Educação assinaram a ordem de serviço para a construção de uma escola estadual em Flexeiras. Depois de Cacimbinhas, outros onze municípios serão contemplados com novas unidades, cujas autorizações serão dadas em breve. São eles: Jequiá da Praia, Campo Grande, Roteiro, Coité do Nóia, Taquarana, Limoeiro de Anadia, Porto Real do Colégio, Maragogi, Olho D’Água do Casado, Pilar e Rio Largo.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]