Dólar com. 5,328
IBovespa 1,70
03 de julho de 2020
min. 22º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Suíça restringe visitantes do Brasil e de mais 28 países
28/05/2020 às 12h15

Geral

Minha Máscara: 2ª fase do projeto terá novos costureiros e MEIs

A ideia da nova etapa de cadastramento é incluir os demais costureiros que estejam interessados em fazer parte do mapeamento, que visa auxiliar a população no combate ao Covid-19

O Projeto Minha Máscara, desenvolvido pela Prefeitura de Maceió, por meio do Gabinete de Governança (GGOV), Secretaria Municipal de Economia (Semec) e a Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), irá iniciar a segunda fase da plataforma de cadastramento. Na primeira etapa, a iniciativa mapeou os artesãos cadastrados na Economia Solidária. A ideia, neste novo momento da iniciativa, é cadastrar os costureiros autônomos, microempreendedores individuais (MEI) e microempresas que estão produzindo e comercializando máscaras caseiras que estejam de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde.

Auxílio para a população 

O objetivo do Projeto Minha Máscara é fomentar a economia local, dando visibilidade aos costureiros e artesãos autônomos que encontram na produção de máscaras uma alternativa de renda no cenário atual de dificuldades que estamos vivendo, além de auxiliar no combate contra o novo coronavírus. As inscrições serão feitas online por meio de formulário autodeclaratório a ser disponibilizado em breve na página oficial da Prefeitura de Maceió. O mapa atual possui mais de seis mil visualizações dos 45 pontos cadastrado. 

Recomendações

As máscaras de pano, produzidas de forma caseira, vêm se tornando uma alternativa/solução para este período de pandemia. Porém, para o uso adequado, as máscaras devem seguir as recomendações do Ministério da Saúde. É preciso ter pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face, além de ser totalmente individual. É importante que as máscaras sejam confeccionadas na medida certa: cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais. Também é importante lembrar: se ficar úmida, tem que ser trocada, pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 30 minutos, além de nunca compartilhar, porque o uso é individual.

O endereço dos artesãos e costureiros identificados no mapa não informa o número da casa. Para ter acesso à localização exata, é preciso entrar em contato com o responsável pelo número do telefone disponível na ferramenta de acesso. Para ter acesso ao mapa, basta clicar no link abaixo.

http://www.covid19.maceio.al.gov.br/pages/principal.faces#mapasmascara


Fonte: Ascom GGOV

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]