Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
01 de abril de 2020
min. 25º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados
21/02/2020 às 08h30

Geral

Sete mil agentes de segurança irão garantir a tranquilidade neste Carnaval

Municípios serão contemplados com reforço no policiamento durante o Carnaval em Alagoas. - Divulgação

Para garantir a tranquilidade da população que irá curtir o Carnaval em Alagoas, a Secretaria de Segurança Pública contará com um reforço de 7.612 agentes de segurança. A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) também montará um esquema especial durante o período carnavalesco com a atuação de 500 policiais penais. Os detalhes de como será distribuído o policiamento foi apresentado durante coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (20), na sede da SSP, no Centro de Maceió.

A Operação Carnaval terá início nesta sexta-feira (21), com o embarque das tropas para os municípios do interior do estado, e segue até a quarta-feira de cinzas (26).

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, explicou que o plano operacional foi traçado, de forma conjunta, visando garantir a segurança da população que irá aproveitar a folia de momo. Ele também parabenizou a importante contribuição da Seris. “A Segurança Pública vai empregar um efetivo especial que não interferirá no policiamento já feito pelas instituições. odas as ações foram pensadas com base em dados estatísticos e nos Termos de Ajuste e Conduta (TAC), firmados pelos municípios onde haverá festejos. Também colocamos à disposição das instituições, policiais civis, militares e bombeiros que atuam no setor administrativo, para que fossem empregados nas escalas de serviço e, assim, possam incrementar as ações de policiamento nas ruas”, afirmou.

Polícia Civil

A Polícia Civil de Alagoas empregará 1.176 agentes, escrivães e delegados durante o Carnaval. Em Maceió, a Central de Flagrantes do Farol funcionará todos os dias em regime de 24 horas e também estará responsável por atender as demandas de Pilar, Messias, Santa Luzia do Norte, Coqueiro Seco e Satuba. Já na Região Metropolitana, as ocorrências policiais serão atendidas nas delegacias de Marechal Deodoro, Barra de São Miguel e Paripueira.

Na região Norte do estado, a população poderá buscar atendimento nas delegacias de São Miguel dos Milagres, Maragogi, Atalaia, Novo Lino, União dos Palmares e Murici.

No Agreste e no  Litoral Sul estarão em regime de plantão as delegacias de Arapiraca, de Palmeira dos Índios, de São Miguel dos Campos, de Penedo e de Coruripe. No Sertão, os atendimentos acontecerão em Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema e Pão de Açúcar.

A Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) fará patrulhamento diário pela orla de Maceió e estará com a Delegacia Móvel todos os dias na Feirinha da Pajuçara, das 19h às 00 horas, realizando atendimento ao turista, além de confeccionar Boletim de Ocorrência nas duas bases que ficam no antigo Alagoinhas e no Posto 7.

Durante o Carnaval, a Asfixia estará com equipes de plantão diariamente e também reforçará o policiamento na Barra de São Miguel, em Murici e em São José da Laje. Já o Tigre reforçará o policiamento nas cidades de Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, São José da Laje e Murici.

Polícia Militar

Tanto na capital quanto no interior do estado, militares serão empregados para reforçar a segurança, dando ênfase aos municípios onde ocorrerão festejos de carnavalescos.

O Comando de Policiamento da Capital (CPC) empregará um efetivo de 2.084 policiais em Maceió e na Região Metropolitana. O planejamento teve como base os Termos de Compromisso e Ajuste de Conduta firmado pelos municípios que realizarão shows, blocos carnavalescos e outros eventos.

Além de Maceió, estão previstos eventos em Rio Largo, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Paripueira, Pilar, Barra de Santo Antônio, Messias, Satuba, Santa Luzia do Norte e Coqueiro Seco.

Em todas as cidades, haverá emprego do policiamento da unidade que atende o bairro ou cidade, além de policiamento a pé. Haverá, ainda, a atuação das unidades especializadas Radiopatrulha, Batalhão de Operações Especiais (Bope), Regimento de Polícia Montada (RPMon) e do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

Já no interior, o Comando de Policiamento do Interior (CPI) empregará um efetivo de mais de 2.750 policiais, que será distribuído de acordo com as demandas de eventos por município. Além de as equipes dos batalhões e das Companhias Independentes que cobrem as regiões, militares da Companhia de Operações Policiais do Sertão (Copes), do Batalhão Ambiental (BPA) e do Batalhão Rodoviário (BPRv) serão empregados no Carnaval.

O BPA também fará policiamento na praia do Gunga, no Litoral Sul, e o BPRv estará distribuído nas rodovias estaduais que cortam o estado, com postos fixos e volantes de policiamento.

Corpo de Bombeiros

Pensando na população que irá curtir o Carnaval em municípios litorâneos, ribeirinhos e com alto fluxo de pessoas, o Corpo de Bombeiros de Alagoas empregará 1.032 militares, que ficarão distribuídos na capital, na região Metropolitana e nos demais municípios do interior que terá programação carnavalesca.

Haverá postos de salva-vidas nas praias do Mirante, Guaxuma e Sobral, em Maceió, no Francês, em Marechal Deodoro, e na Barra de São Miguel. Na orla haverá patrulhamento para que, em caso de ocorrências, a equipe mais próxima seja acionada e preste atendimento.

Pela capital alagoana estarão em funcionamento as demais unidades do CBMAL, à disposição para ocorrências de acidentes, incêndios e transporte de vítimas na região.

No Litoral Norte, haverá postos e equipes realizando patrulhamento em Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e Barra de Santo Antônio.

Já no interior do estado, também haverá reforço nos municípios de Ibateguara, Murici, Piaçabuçu, Feliz Deserto, Coruripe, Jequiá da Praia, Traipu, Pão de Açúcar e Piranhas.

Grupamento Aéreo

As aeronaves do Grupamento Aéreo, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, contribuirão com o planejamento potencializando as ações das equipes por terra, além de realizar patrulhamento aéreo, resgate aeromédico e outras demandas.

O Falcão 02 fará, além de suas atividades rotineiras, patrulhamento noturno entre a Barra de São Miguel e a Barra de Santo Antônio, cobrindo, assim, a capital e região Metropolitana.

O Falcão 03 contará com apoio do Serviço Móvel de Atendimento e Urgência (Samu) Arapiraca para atividades, tanto ostensivas quanto de resgate e salvamento. Ele também cobrira municípios do Litoral Sul do estado.

Já o Falcão 04 estará destinado a ações policiais em Maceió, região Metropolitana e região Norte de Alagoas. E o Falcão 05 estará direcionado para ações de resgate aeromédico em toda faixa litorânea.

Haverá ainda reforço no policiamento aéreo nas cidades de Murici e São José da Laje, devido a extensa programação de Carnaval.

Ressocialização

Já a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) vai atuar com 500 policiais penais em regime de plantão, garantindo não apenas a manutenção do controle do sistema prisional alagoano, mas também apoio às demais forças de Segurança Pública, com operações como a Raio Zero, iniciada ainda durante as prévias carnavalescas de Maceió e cujo objetivo é apreender reeducandos sob monitoramento eletrônico que violarem condições impostas por medida cautelar diversa da prisão, atendendo à determinação do secretário da Ressocialização e Inclusão Social, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, em cumprimento a provimento da Corregedoria Geral da Justiça de Alagoas.

Com relação à remoção de pessoas presas durante o Carnaval, a Seris estabeleceu que todas serão encaminhadas a três unidades prisionais: Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano, Presídio de Segurança Máxima e Presídio Feminino Santa Luzia, ambos em Maceió.

“Iremos intensificar as operações para monitorar e prender aqueles reeducandos monitorados por tornozeleira eletrônica e que estejam descumprindo ordem judicial. Nossos policiais penais estarão de plantão para atuar e garantir o controle no sistema prisional alagoano. Desta forma, estamos contribuindo para um Carnaval tranquilo em Alagoas”, disse o secretário de Ressocialização, coronel Marcos Sérgio.


Fonte: Ascom PC/AL

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]