Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
22 de setembro de 2019
min. 20º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Exército prende garimpeiros em unidades de conservação do Amazonas
10/09/2019 às 12h29

Geral

Pinheiro: pagamento dos primeiros lotes deve sair ainda esta semana

Panorâmica do bairro do Pinheiro. - Marco Antonio/Secom Maceió

A Prefeitura de Maceió informa que o pagamento das parcelas da renovação da Ajuda Humanitária do Governo Federal deverá ser feito ainda esta semana. A medida depende da chegada de cartão bancário em nome do órgão municipal, o que deve ocorrer até amanhã (11). A partir de então, o Banco do Brasil deverá creditar, em 48h, os benefícios nas contas dos moradores cadastrados.

Em reunião na última segunda-feira (9), representantes dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs), Secretaria Municipal de Economia (Semec), Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Secretaria Municipal de Governo (SMG) e Coordenadoria Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec) discutiram os trâmites para agilizar o pagamento das parcelas da renovação após serem sanados todos os entraves para este processo.

O cartão bancário foi solicitado pela Defesa Civil Nacional e, segundo informações do Banco do Brasil, a previsão é que o pagamento seja disponibilizado até a próxima sexta-feira (13). Assim que o cartão estiver disponível, será feito o pagamento dos lotes de renovação e os saques do benefício já começam a ser liberados.

De acordo com informações da Semec, um dos entraves que dificultava a liberação automática das parcelas da renovação é o fato de o valor creditado – R$ 7.066.000,00 – ter sido depositado em nova conta no nome da Prefeitura de Maceió, uma vez que o repasse do recurso federal atende agora ao Estado de Calamidade e não mais ao de Situação de Emergência.

Com a mudança da conta, seria necessário novo cadastramento de todos os moradores do Pinheiro que já recebem o benefício federal no sistema de pagamento bancário. Após discussões envolvendo o Governo Federal e o Banco do Brasil, foi possível fazer a transferência dos dados existentes para a nova conta para agilizar o pagamento dos valores, considerando que os beneficiários são os mesmos já cadastrados.

Ainda durante a reunião, foi esclarecido que os beneficiários dos lotes 1 e 2 receberão as parcelas retroativas da Ajuda Humanitária. O valor será repassado de forma gradativa, com diferença de alguns dias entre a liberação das parcelas.

O auxílio-moradia social é concedido pelo Governo Federal para moradores com recomendação de realocação no Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias em decorrência da instabilidade de solo que afeta os bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro. Atualmente, 2.047 famílias recebem o benefício.


Fonte: Ascom Defesa Civil

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]