Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
22 de setembro de 2019
min. 20º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Exército prende garimpeiros em unidades de conservação do Amazonas
21/08/2019 às 16h19

Geral

Procura por seguro-viagem dispara com aquecimento do turismo

pixabay.com


De acordo com levantamento realizado pela agência de viagens online Expedia, divulgado pelo Ministério do Turismo, os turistas nacionais e internacionais buscaram mais os destinos brasileiros durante o primeiro semestre de 2019. Esse cenário representou um crescimento no faturamento das empresas do setor, como as seguradoras de viagem.

A empresa líder do mercado a Assist Card, registrou um aumento de 28,1% nas vendas de apólices no primeiro semestre deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o estudo da Expedia, entre janeiro e junho, a procura por destinos no Brasil cresceu 30%, sendo o mercado doméstico o que mais demandou viagens dentro do país, correspondendo a 77% da busca no período.

A Assist Card revelou ainda que o saldo positivo se deve principalmente, pela procura de seguros-saúde para destinos nacionais, que representou um aumento de 63% nas vendas, um fenômeno para o setor, visto que a maior demanda costuma ser para viagens internacionais. 

Além disso, a empresa reduziu seus gastos com sinistros. Até maio deste ano, contabilizou despesas de R$ 12,5 milhões com sinistros em viagem,  uma queda de 45% sobre os gastos do ano passado.

Segundo a Superintendência de Seguros Privados (Susep) a indústria apresentou gastos de R$ 155,1 milhões com sinistros em viagem, o que representa um aumento de quase 50% contra os R$ 103,6 milhões do mesmo período de 2018.

A empresa Affinity, a segunda maior do país, também abocanhou uma fatia do mercado e encerrou o primeiro semestre deste ano com expansão de 35% em vendas, em comparação ao mesmo período de 2018. A expectativa da empresa é que até o fim do ano supere uma alta de 40%.

O cenário econômico atual do país - que sofreu uma retração - e a alta do dólar aqueceram o turismo interno. Com isso, as famílias precisaram ajustar o orçamento familiar e diminuir o custo com plano de saúde, optando apenas pela cobertura regional, ao invés da nacional. E com o câmbio mais alto, as viagem internacionais precisam de um tempo maior de planejamento financeiro.

Produto é atrativo por garantir mais conforto aos viajantes

Contratar um seguro de viagem representa uma maior segurança para quem vai viajar. O produto funciona como uma espécie de plano de saúde e garante a cobertura dos gastos com possíveis situações de emergência e acidentes. "O conforto de ter um bom seguro-viagem é um atrativo para os brasileiros, principalmente os que viajam com as crianças ou pessoas idosas, que estão mais suscetíveis a imprevistos", explica o editor do site especializado TRAVELSPRING, Paulo Ramos.

O processo de escolha do melhor produto para as necessidades específicas de cada um pode ser um pouco trabalhoso, mas vale a pena verificar quais as principais vantagens e desvantagens de cada um. Existem várias apólices com preços justos e competitivos.

A segurança de poder contar com esse tipo de assistência durante uma viagem é muito importante. É fundamental pesquisar sobre a empresa antes de fechar a compra da apólice. "A credibilidade é algo de extrema importância e deve ser o principal critério avaliado. Pode acontecer de algumas empresas criarem uma burocracia tão grande na hora de reembolsar os clientes, que geram um desgaste não só financeiro, mas principalmente emocional˜, diz Ramos.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]