Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
24 de agosto de 2019
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Saiba como será a abertura do comércio no Dia da Padroeira de Maceió
22/07/2019 às 22h00

Geral

PCU debate prevenção de homicídios de adolescentes

Reunião da PCU discute a prevenção de homicídios na adolescência. Foto: Pei Fon / Secom Maceió

A Prefeitura de Maceió, em parceria com a Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), realizou, nesta segunda-feira (22), reunião do Grupo de Trabalho que discute ações de prevenção de homicídios de adolescentes.

Segundo Karla Silveira, representante da Prefeitura na equipe de articulação da PCU, a integração entre órgãos municipais, estaduais e sociedade civil é essencial. “No âmbito municipal, a gente realiza este trabalho de prevenção por meio das secretarias de Esporte e Lazer, Educação e Assistência Social, mas entendemos que é necessário que haja uma articulação com outros órgãos para que este trabalho seja mais efetivo e tenha o maior alcance possível”, ressaltou.

Esta já é a terceira reunião do grupo, que busca instituir um comitê de prevenção de homicídios na adolescência e conta com a participação de representantes de diversas instituições, como a OAB, Ministério Público Estadual, Assembleia Legislativa, entidades civis e de órgãos municipais, como a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A consultora do Unicef em Alagoas, Juliana Vergetti, destacou o trabalho da PCU. “A Plataforma trabalha com quatro eixos prioritários: promoção dos direitos da primeira infância, direitos sexuais e direitos reprodutivos de adolescentes, enfrentamento da exclusão escolar e prevenção de homicídios de adolescentes. Estas quatro agendas estão sendo trabalhadas desde 2017 e busca integrar as diversas instituições em prol da causa”, explicou.

“Estamos avaliando de que forma este trabalho pode ser mais efetivo para que possamos proteger e cuidar das nossas crianças e adolescentes e evitar que o número de homicídios cresça”, acrescentou Vergetti.

A PCU é uma iniciativa do Unicef, organismo da ONU, desenvolvida desde 2008 nas capitais brasileiras. A 3ª edição está presente em dez capitais: Belém, Fortaleza, Maceió, Manaus, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, São Luís, São Paulo e Vitória. Vivem nessas cidades quase nove milhões de meninos e meninas de até 19 anos. A implementação da Plataforma é realizada em cooperação com os governos municipal e estadual.


Fonte: Secom/Maceió

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]