Dólar com. 3,776
IBovespa 0.41
19 de março de 2019
min. 26º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Três alunos vítimas do massacre em Suzano permanecem hospitalizados
15/03/2019 às 19h00

Geral

Atletas de fim de semana têm oito vezes mais chances de infarto

Especialista alerta para riscos da falta de frequência nos treinos e dá dicas para exercitar-se sem sobrecarregar o coração

Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e Esporte, aproveitar apenas os dias de folga para cumprir toda a cota de exercícios recomendados para a semana pode não ser uma boa ideia. Embora seja melhor do que não praticar atividade física alguma, tornar-se um "atleta de fim de semana" pode ser altamente prejudicial para o seu coração e músculos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os adultos precisam fazer no mínimo 150 minutos de atividades físicas de baixa a média intensidade por semana ou pelo menos a metade desse tempo de atividades vigorosas, para assim, garantir melhor condicionamento físico. O cirurgião cardiovascular, Dr. Marcelo Sobral, explica que segundo diretrizes americanas, o ideal é manter uma freqüência de 30 minutos diários de exercícios físicos de qualquer intensidade para ter a saúde em dia e diminuir os riscos de eventos cardiovasculares e até cânceres.

"O problema com os atletas de fim de semana é justamente a falta de periodicidade nos exercícios, que pode aumentar em até oito vezes as chances de desenvolver doenças cardiovasculares, como arritmia e insuficiência cardíaca, ou mesmo de sofrer um infarto. Isso porque quando fazemos alguma atividade apenas uma ou duas vezes por semana, como correr, pedalar ou jogar bola, o coração não está preparado para a sobrecarga de esforço repentino. Já nos casos de uma rotina de treinos maior, o corpo adapta-se mais facilmente", afirma o especialista.

Para Sobral é fundamental que o esportista atente-se a intensidade, duração, frequência e modalidade do exercício para obter sucesso na rotina de treinos e mais qualidade de vida. "Uma boa dica é distribuir as atividades ao longo da semana, fazendo em média 30 minutos de atividade física, cinco vezes por semana, alternando a intensidade e diversificando o tipo de exercício, para estimular diferentes grupos musculares e evitar sobrecarga do coração e músculos", indica o cirurgião.

O especialista ressalta ainda que é importante buscar acompanhamento médico antes de iniciar uma rotina de exercícios e que os treinos devem ser orientados por um profissional habilitado. "Praticar exercícios no fim de semana, pode ser ótimo para aliviar o estresse da semana corrida e um grande incentivo para quem quer pegar o gosto por uma rotina saudável, mas a rotina de treinos será indispensável para obter qualidade de vida", conclui.


Fonte: Notícias ao Minuto

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]