Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
16 de outubro de 2018
min. 21º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Ibope: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%
12/10/2018 às 11h00

Geral

Simulado Rodoviário previne contra emergências químicas

Ação foi realizada pela Braskem, no polo industrial de Marechal Deodoro, e envolveu profissionais do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, PM e empresas especializadas

Assessoria

Cerca de 40 profissionais da Braskem, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Municipal, Polícia Militar e empresas especializadas em transporte e emergência química participaram, na manhã desta quinta-feira (11), de um Simulado Rodoviário no Polo Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro. A ação aconteceu na Rodovia Divaldo Suruagy, próximo à unidade PVC da Braskem, com o objetivo de avaliar o desempenho das equipes e medir o tempo de resposta a este tipo de emergência.

“O desempenho foi excelente, atendeu aos padrões e mostra que estamos evoluindo a cada simulado. Todo o treinamento foi realizado em 1 hora e 23 de minutos, desde a solicitação do motorista até a conclusão das atividades. A equipe de resposta a emergências após acionamento, atendeu dentro do tempo estimado para o exercício. A empresa especializada gastou pouco mais de seis minutos para montar a estrutura do comando de operações, em zona fria, para ter melhor visibilidade do cenário e garantir a segurança de todos os envolvidos na gestão da ocorrência. Este é um parâmetro que nos deixa muito satisfeitos”, avalia Antônio Gustavo Lima Bittencourt Júnior, analista de Saúde, Segurança e Meio Ambiente Logístico da Braskem. 

As equipes simularam uma situação de sobrepressão do tanque de uma carreta que transportava Propeno, substância utilizada pela indústria. Com a abertura da válvula de segurança (PSV), o produtovolatilizou e começou a ser jogado  para atmosfera. A partir desta ocorrência fictícia, todos os procedimentos preventivos necessários foram adotados. O motorista acionou a empresa de atendimento emergencial e isolou a área; os bombeiros em interface com a empresa especializada fizeram o resfriamento do tanque da carreta; a empresa especializada em emergências químicas realizou as manobras e conexões necessárias direcionando o produto liquefeito para um dispositivo (mini-flare) de queima controlada. Toda a simulação foi observada por agentes da Defesa Civil e profissionais da Braskem, enquanto a PM controlava o trânsito no entorno. 

“Mesmo sabendo que o motorista e outros profissionais envolvidos na indústria química têm o conhecimento dos protocolos, nós precisamos fazer com que eles internalizem cada vez mais o conceito de segurança, que é fundamental para a melhoria da qualidade do trabalho. Um simulado desse nos tira da zona de conforto e traz uma reflexão a partir do exercício prático, para que não façamos nenhum procedimento no “modo automático”, sem analisar detalhadamente quais os riscos envolvidos na operação”, comenta o gerente de Relações Institucionais da Braskem, Milton Pradines.

O Simulado Rodoviário é um dos três exercícios anuais realizados pela Braskem para testar a resposta das suas equipes internas e dos órgãos públicos em situações de emergência. Além dele, a empresa promove os simulados Marítimo e o de Evasão, que envolve as comunidades residentes no entorno da fábrica.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]