Dólar com. R$ 3,745
IBovespa -1,05%
18 de junho de 2018
min. 25º máx. 27º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel MEC divulga hoje resultado do Sisu
26/05/2018 às 15h30

Geral

Servidores da CGE fazem plantio de 140 árvores no lançamento do Projeto Semear

Solenidade serviu ainda para assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a CGE e o IMA

Divulgação

A Controladoria Geral do Estado (CGE) realizou, nesta sexta-feira (25), o plantio de 140 árvores no Povoado Santa Apolônia, na cidade de Satuba. A ação marcou o lançamento do “Projeto Semear”, que, em parceria com o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e com o apoio da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh), visa conscientizar os servidores públicos sobre a responsabilidade cidadã, o cuidado com o meio ambiente e o interesse pelo bem-estar coletivo.

Durante a ação, os servidores da CGE colocaram a mão na massa e realizaram o plantio de árvores das espécies Ypês (rosa, amarelo e roxo), Craibeira, Ingá e Canafístula. Além disso, a Controladoria assinou um Termo de Cooperação Técnica com o IMA se comprometendo a atuar, em parceria com o Instituto, para disseminar os objetivos do projeto Alagoas Mais Verde, que busca ampliar o trabalho de arborização no Estado e contribuir com o plantio de três mil mudas de árvores nativas em cada município alagoano.

A controladora-geral do Estado, Maria Clara Bugarim, destacou que a ação extrapolou todas as expectativas da CGE. “Já tínhamos consciência, quando iniciamos e abraçamos o projeto, da importância da ação. Mas a emoção que vivenciamos hoje e os depoimentos dos servidores, depois da palestra, depois que cada um colocou a mão na massa e refletiu sobre a importância da responsabilidade com o meio ambiente, foi impactante”. 

A controladora frisou ainda que o plantio em Satuba foi apenas o primeiro passo. “Nosso desejo é que essa ação seja multiplicada nos demais órgãos. Temos a esperança que outras secretarias possam ‘Semear’ outras plantas. E que a gente entenda que preservar a natureza é responsabilidade de todos”.

O diretor-presidente do IMA, Gustavo Lopes, elogiou a iniciativa da Controladoria e destacou a importância da parceria. "Foi muito importante esse evento da CGE junto com o IMA, onde a gente conseguiu integrar as duas equipes em uma ação em prol do meio ambiente. A CGE está de parabéns por ter adotado essa questão do plantio, por meio do ‘Projeto Semear’. Hoje, cada funcionário do órgão adotou uma muda e a plantou, e deverá cuidar dela pelos próximos anos. É interessante que o IMA consiga executar uma ação desse tipo em parceria com outro órgão e, na verdade, com isso a CGE conseguiu plantar uma sementinha para que a gente possa, futuramente, lançar o Semear em outras secretarias", comentou. 

Para a servidora Arielle Almeida, o momento foi muito rico e gratificante. “Colaborar com o meio ambiente é uma obrigação de todos nós cidadãos e nós, que fazemos a CGE, adotamos a ideia de contribuir com o planeta, buscando disseminar, através do exemplo, a importância da arborização. Esperamos levar a ideia para os demais órgãos públicos, servidores e sociedade civil, para que cada um adote essa iniciativa”.

O lançamento do Projeto Semear também contou com uma palestra sobre os benefícios proporcionados pelas árvores e os cuidados necessários para que as plantas se desenvolvam adequadamente. O consultor do setor de Educação Ambiental do IMA, Meraldo Rocha, destacou que é preciso entender o tipo de solo e a natureza de cada planta. “Tudo isso aqui é bonito. Mas que a gente olhe não só pela beleza, mas pela importância ecológica. Serão 140 árvores que serão multiplicadas. É preciso entender a importância do projeto”. 

O consultor falou ainda sobre a humanização do plantio. "Além disso é preciso entender a questão de trato. A ideia da gente é desconstruir os conceitos de ‘muda’ e ‘cova’. Não é apenas pegar uma ‘muda’ e jogar em uma ‘cova’. Porque aqui é vida. Vamos pegar uma planta e colocar em um ninho, um berço. Nós, animais, temos um sistema de vida muito diferente dos vegetais. Eles são muito avançados, eles conseguem tirar alimentos e respiram pela luz e pelo calor. São seres muito inteligentes”, destacou.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]