Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
22 de setembro de 2019
min. 20º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Exército prende garimpeiros em unidades de conservação do Amazonas
04/09/2019 às 15h14

Esporte

Alunos da Educação conquistam medalhas de ouro no Jeal

O estudante Jadiel Raimundo (de verde) e o professor Pedro Henrique (de boné): parceria que rendeu três medalhas de ouro. - Pedro Henrique Otaviano/Cortesia

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Maceió conquistaram medalhas de ouro nos Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal), no último dia 28. Os estudantes Ingrid Vitória, Jadiel Raimundo e Matheus Diego conseguiram o primeiro lugar em três modalidades diferentes, competindo na categoria paralímpica por terem deficiência intelectual. O professor de educação física Pedro Henrique Otaviano, da Escola Municipal João Feitosa, no Rio Novo, é o responsável por enxergar o talento dos estudantes para os esportes.

O professor Pedro Henrique comentou como foi a preparação dos estudantes. “Através das aulas de educação física, eu observei a qualidade de cada aluno e os inscrevi na competição. Falei com outros professores para entender mais sobre quais eram as dificuldades deles e tracei um plano de autoconfiança na preparação”, explicou.

O apoio das famílias também foi importante para o êxito dos alunos na competição. No caso do estudante Matheus Diego, da Escola Municipal Jaime Miranda, no Tabuleiro do Martins, foi essencial. “Matheus foi meu aluno no ano passado aqui em Rio Novo e eu tinha prometido que iria colocá-lo no Jeal. Como este ano ele mudou de escola, todo o trabalho foi baseado no que já havia sido iniciado ano passado, além de manter sempre o diálogo com a mãe, o que foi fundamental”, destacou o professor.

Ao todo, os estudantes ganharam três medalhas de ouro cada: Ingrid foi campeã nas provas de 100 metros, lançamento de pelota e salto em distância, enquanto Jadiel venceu as mesmas provas na categoria masculina, ambos na categoria paralímpica infantil. Já o aluno Matheus Diego foi campeão nas provas dos 100 metros, arremesso de peso e lançamento de dardo, na categoria juvenil paralímpica. Os alunos têm 14 anos e estão matriculados no 5º ano do Ensino Fundamental.

Para além das medalhas, o professor conta que o resultado contribui para a melhoria da autoestima e confiança dos estudantes. “Desde o início, eles ficaram muito felizes e animados com a ideia de competir. Para eles, o simples fato de participarem já era enriquecedor”, acrescentou Pedro Henrique.

“Da minha parte foi muito gratificante todo o processo. Desde a inscrição, passando pela preparação e a entrega das medalhas”, complementou o professor. 


Fonte: Ascom Semed

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]