Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
19 de agosto de 2019
min. 23º máx. 28º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Defesa Civil Municipal monitora chuvas em Maceió
07/06/2019 às 14h40

Blogs

Turismo oficial e afrontoso

O cônsul-geral da China no Nordeste, Yan Yuqing, foi recebido por Renan Filho no Palácio Zumbi dos Palmares em abril - Assessoria

Para refletir:

”Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos”. (Nelson Rodrigues)


Turismo oficial e afrontoso

Enquanto a miséria atinge a cada dia um maior numero de alagoanos, nossas escolas funcionando em situação precária, merenda escolar de péssima qualidade ( quando existe) , hospitais “à beira da morte” , onde faltam insumos, medicamentos essenciais para as pessoas pobres o governador Renan Filho faz publicar no Diário Oficial uma portaria que causou indignação a todos que a leram ou tiveram conhecimento.

A aberração publicada faz a designação de uma verdadeira “trupe” de secretários, assessores, técnicos e assemelhados (12 integrantes) para uma viagem a China com uma suposta missão de  “apresentar aos investidores chineses projetos estruturantes e prioritários através de visitas institucionais à China, para fomentar o desenvolvimento econômico do Estado de Alagoas, sendo prevista sua realização no início do mês de julho do ano em exercício”. Em minha opinião nada mais é do que a motivação para um  turismo oficial dos privilegiados auxiliares e amigos do governado. Em primeiro lugar quando os chineses se interessam por algum país, são eles que vêm conhecer suas potencialidades “in loco “ como têm feito em diversos locais do Brasil, depois duvido muito que do “intestino” desse governo se consiga gerar algum projeto capaz  convencer qualquer país desenvolvido a investir nesse caos absoluto e desgovernado.

A meu ver isso é tudo conversa fiada e a desculpa esfarrapada para essa turma gastar o dinheiro alagoano visitando os belos e históricos pontos turísticos da China, visitar duas ou três fábricas, tirar belas fotos e fazer muitos “selfies”  ( essa deve ser a missão do secretário de Comunicação que integra a trupe) e postar nas redes sociais para enganar os tolos.

Gostaria de dar uma sugestão que me fará “morder a língua”, mas arrisco porque tenho certeza que eles não terão coragem. Que tal ao regressar da “missão oficial” convocar uma coletiva de imprensa onde cada um dos viajantes dê um depoimento individual sobre o que viu, o que fez e os resultados efetivos alcançados, Um detalhe: só aceito com documento escrito e assinado, pois apenas  na palavra não confio. Uma boa tarefa para o jornalista Enio Lins.


Estados e municípios

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a defender a manutenção de estados e municípios na reforma da Previdência, mas destacou que caso sejam retirados do texto, uma emenda pode ser aprovada para que as Assembleias Legislativas aprovem uma reforma por lei ordinária.

Maia participou de evento no Instituído de Direito Público em Brasília esta semana e voltou a defender o controle dos gastos públicos no País.

“Estamos tentando salvar a reforma dos estados e municípios. Se as assembleias votarem alguma coisa que seja, pelo menos, com quórum menor, até porque tem governador que não tem condição de aprovar nas suas assembleias uma maioria de 3/5 (quórum qualificado). Acho que é uma probabilidade”, afirmou o presidente.


Criando fôlego

Aliados do deputado Marcelo Victor (presidente da Assembleia Legislativa) andam em plenas articulações em busca do fortalecimento do seu grupo politico que se robustece com a adesão de grande número de prefeitos e vereadores do interior alagoano. Ele tem se mostrado um líder articulado, fiel aos compromissos e de uma lealdade absoluta aos correligionários, reunindo ao seu lado a maior força política do estado, chegando a desbancar a liderança do próprio governador. Já começam a surgir rumores de uma candidatura a prefeito de Maceió ou ao Senado em 2022. É jovem, tem disposição e destino político.


Lei de Licitações

O Plenário da Câmara dos Deputados discutiu mais uma vez  o projeto da nova Lei de Licitações, mas nada de votação. Para o relator, deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), a proposta vai modernizar a legislação e dar mais transparência às compras e obras públicas. Ele informou que analisará as emendas e os destaques apresentados, a fim de construir um texto de acordo para ir a votação.

Coutinho disse que a proposta permitirá a melhoria da governança das contratações públicas, a profissionalização da gestão, o incentivo ao planejamento, o fortalecimento de mecanismos de prevenção de ilícitos e o aproveitamento da tecnologia. “A medida vai reduzir custos, garantir segurança jurídica, competitividade e a adoção da melhor proposta e não simplesmente do menor preço oferecido”, acrescentou.

Entre as novidades, ele destacou a criação do portal nacional de contratações públicas, que reunirá todas as licitações e contratações da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.


Governador viajante

O site do jornal Extra publicou esta semana matéria com o governador Renan Filho que obteve ampla repercussão negativa não bastasse o desgaste de impopularidade pela qual vem sendo alcançado nos últimos dias. Aos poucos vai caindo a máscara que esconde um amontoado de mentiras bancadas por uma mídia milionária. A noticia também foi divulgada em outros veículos de comunicação e revoltou segmentos da sociedade alagoana indignada com o ato que foi considerado como “irresponsável” pela população. Ate a revista Veja publicou no blog Radar, do jornalista Pedro Carvalho publicou a escandalosa matéria com o titulo: “Mesmo com calamidade pública em Maceió , Renan Filho curte a Espanha”. Segundo a nota Renanzinho  foi a Madrid assistir de camarote a final da Champions League  a convite do conterrâneo Roberto Firmino. A viagem não poderia vir em pior momento quando a Defesa Civil decreta calamidade pública na capital alagoana pela situação de ameaça de desastre nos bairros de Pinheiro, Mutange e Bebedouro, aborda ainda a coluna. O que para ele não deve ser nada de importância. Uma pena que não tenha a responsabilidade com o interesse público a exemplo do prefeito da capital Rui Palmeira,


Palmeira rumo à fruticultura

As potencialidades do mercado de fruticultura nos âmbitos local, estadual e internacional foram apresentadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) durante as atividades da Oficina de Planejamento da Rota da Fruticultura. O encontro é uma realização do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em parceria com diversos parceiros estaduais e locais. A oficina ocorreu no município de Palmeira dos Índios, que já integra a Rota da Fruticultura em Alagoas com apoio do MDR e da Codevasf.

A exposição da Codevasf foi conduzida pelo assessor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação Luiz Antônio Curado, que destacou a experiência da empresa na estruturação da atividade de fruticultura, a exemplo do município de Petrolina (PE), hoje reconhecido como grande produtor e exportador de frutas. “Para o sucesso do projeto de fruticultura, todos os aspectos devem caminhar juntos, como capacitação, organização e mercado. Esse mercado permitiu que hoje Petrolina tenha um crescimento de 12% ao ano”, apontou


Escangalhou o trânsito

Para especialistas as decisões do presidente Jair Bolsonaro alterando artigos do Código Nacional de Trânsito trarão um enorme retrocesso ao setor, inclusive com o aumento do índice de acidentes e mortes. Nas estradas e nas cidades. Será que  esse governo não acerta uma?


Pedro Oliveira por Pedro Oliveira

Jornalista e escritor. Articulista político dos jornais " Extra" e " Tribuna do Sertão". Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB. É presidente do Instituto Cidadão,  membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]