Dólar com. 5,366
IBovespa -1,18
27 de setembro de 2020
min. 23º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Bolsonaro recebe alta após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga
19/08/2020 às 12h42

Blogs

Sai Bolsa Família, entra Renda Brasil

Programa deve substituir o auxílio emergencial

Acordo

O governo enviará, ao Congresso Nacional, projeto de lei para abertura de crédito extraordinário de R$ 5 bilhões que financiarão obras em andamento. A verba servirá ao Ministério do Desenvolvimento Regional, tocado por Rogério Marinho, e o da Infraestrutura, de Tarcísio de Freitas. Embora o Legislativo não tenha recebido ainda a papelada, já há acordo para a votação — será na quarta-feira que vem e deve ser aprovado. 

Renda Brasil

O Congresso já se movimenta para que, após a parcela de R$ 600 do auxílio emergencial paga em setembro, ele seja prorrogado por ainda um mês mais, ainda que num patamar menor, até que seja substituído pelo programa que substituirá o Bolsa Família — o Renda Brasil.

Cobrança

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, cobra do Planalto que decida onde fará cortes para financiar seu projeto. “O governo quer acabar com o seguro-defeso, o abono salarial, cortar os recursos do sistema S?”, perguntou Maia. “Tem base para fazer isso no Congresso?” O deputado é contra a recriação da CPMF, proposta pelo ministro Paulo Guedes. Na avaliação de Maia, seria impor à classe média e aos mais pobres o custo do programa. 

Dossiê

O Supremo começa a julgar a  ação contra o dossiê produzido dentro do Ministério da Justiça a respeito de 600 servidores públicos que seriam ligados a movimentos antifascistas. No processo movido pela Rede, é pedido abertura de inquérito contra o ministro André Mendonça além de remessa do que tiver sido levantado ao STF. O ministério não repassou o material.

Rígida

A relatora, ministra Cármen Lúcia, deve ser rígida. “A gravidade do quadro descrito se comprovar, escancara comportamento incompatível com os mais basilares princípios democráticos do Estado de Direito e que põem em risco a rigorosa e intransponível observância dos preceitos fundamentais da Constituição da República”, ela redigiu. 

Enquanto isso...

A Polícia Federal vai investigar a conta de Twitter Sleeping Giants Brasil. O usuário anônimo informa a grandes empresas que sua publicidade está em sites extremistas que promovem notícias falsas ou conteúdo de ódio. Segundo o delegado Ricardo Filippi Pecoraro, diz Mônica Bergamo, Sleeping Giants atenta contra a liberdade de expressão e promove denúncias caluniosas. 



*Com informações da Folha, G1, Valor Economico e Poder 360


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]