Dólar com. 5,321
IBovespa 0,55
06 de julho de 2020
min. 23º máx. 28º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Hospital Regional do Norte abre as portas para casos da Covid-19 nesta terça-feira (07)
11/11/2019 às 12h28

Blogs

Não se pode subestimar os tucanos


Não se pode subestimar os tucanos...

Em 2006, o então senador Teotonio Vilela (PSDB) candidatou-se a governador de Alagoas contra o favorito João Lyra (PTB). Pesquisas e a fama de ‘endinheirado’ e empresário de sucesso de João Lyra colocavam Teotonio lá atrás nas intenções de voto. O tucano venceu no primeiro turno. Em 2010, a reeleição de Vilela aparecia ameaçada pelas candidaturas de Ronaldo Lessa (PSB) e Fernando Collor (PTB), a eleição foi para o segundo turno e outra vez o tucano ganhou.


Em 2012, a candidatura de Rui Palmeira (foto) a prefeito de Maceió começou lá atrás nas pesquisas e na boca a boca, enfrentando Jeferson Morais (Democratas) e Ronaldo Lessa (PDT). Levou no primeiro turno. Em 2016, a reeleição de Palmeira teve como adversários os deputados JHC (PSB) e Cícero Almeida (então PMDB), foi ao segundo turno com Almeida e venceu com 60,27% dos votos válidos.


Em Arapiraca, também em 2016, outro tucano que não era o favorito, Rogério Teófilo, venceu o candidato do vice-governador Luciano Barbosa, do governador Renan filho e da então prefeita Célia Rocha, Ricardo Nezinho (então PMDB).


Em 2018, marqueteiros, analistas políticos e pesquisas no início da campanha apontavam como prováveis reeleitos ao Senado, Renan Calheiros (MDB) e Benedito de Lira (PP). O tucano Rodrigo Cunha levou uma das vagas, sendo o mais votado, com cerca de 1 milhão de votos, derrotando o senador do PP.
De modo que, em 2020, não se pode descartar os tucanos do páreo eleitoral.

De fininho...


O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto (foto), esteve em Alagoas para ver in loco os fragmentos de óleo nas praias do estado. Bem que ele poderia ter aproveitado e visitado o Mutange, em Maceió, onde mais de mil famílias esperam a autorização dele para ocupar os imóveis do Minha Casa, Minha Vida, que o município já disponibilizou. A propósito, essa é uma espera angustiante, a Prefeitura de Maceió fez e cobrou o pedido inúmeras vezes, sem resultado prático até agora.

Trabalho Escravo 


A lista suja do trabalho escravo no Brasil tem 146 empregadores. O novo balanço foi divulgado semana passado pela Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, órgão ligado ao Ministério da Economia.


Ao todo, segundo a subsecretaria, foram encontradas 1.195 pessoas em condições de trabalho análogas à escravidão no país.


Em relação a última lista, de 17 de outubro, foram excluídos 45 empregadores pessoas físicas e jurídicas por terem cumprido o prazo de dois anos de permanência no cadastro.


O estado de Minas Gerais é o que tem mais empregadores que submetem os trabalhadores a condição análoga à de escravos. São 29, ao todo. Na sequência, aparecem Pará (22) e Rio de Janeiro (14).


Em São Paulo, sete empregadores estão na lista. São empresas do setor de confecções, construção civil e alimentação.

Arapiraca iluminada por Led


A Prefeitura de Arapiraca investe mais de R$ 3,5 milhões, com recursos próprios do Município, na primeira etapa do projeto de iluminação pública, que substitui as lâmpadas tradicionais de vapor metálico e sódio por LED, um dispositivo capaz de emitir luz de forma eficiente e econômica. Por isso, uma alternativa indicada para a iluminação pública e residencial. A primeira via a ganhar a nova iluminação foi a Avenida Deputada Ceci Cunha.

Mais segurança


Novas viaturas, armamentos de ponta e um sistema de radiocomunicação digital capaz de cobrir 100% do território alagoano, sem interferências. A Segurança Pública do Estado entra, definitivamente, na vanguarda tecnológica com a entrega dos novos equipamentos, feita pelo governador Renan Filho e o secretário da pasta, coronel Lima Júnior.

Nova Maceió


O prefeito Rui Palmeira entregou semana passada 17 ruas pavimentadas e com nova iluminação, no Conjunto Moacir Andrade (foto), no Benedito Bentes. As obras vão melhorar a mobilidade urbana da localidade, além de proporcionar qualidade de vida aos moradores. O trabalho faz parte das obras previstas no programa Nova Maceió, que vai levar pavimentação e infraestrutura a mais de 400 ruas de Maceió.

“E continuamos coletando os fragmentos do crime ambiental (foto), imaginando a gravidade nos arrecifes mais distantes e em locais longe dos olhos e imersos na imensa complexidade dos ecossistemas marinhos... triste e revoltante demais! Enquanto isso... nada sobre a origem do crime. É obrigação do Governo Federal (em parceria com outras instituições públicas) agilizar os procedimentos investigatórios para identificar e punir exemplarmente os criminosos, independente de serem do Brasil, da Venezuela, dos EUA ou Libéria, Emirados Árabes ou qualquer outro. Alem das medidas cabíveis para minimizar o imenso impacto ambiental. E como sou chata, sempre é bom lembrar que em nosso país os Governos Federais se revezam na arcaica concepção predatória e entreguista das reservas naturais, onde a ganância e os lucros vorazes sabotam o presente e o futuro do país, mesmo quando estudos científicos produzem milhares de pesquisas apresentando milhares de alternativas com outras formas de desenvolvimento com sustentabilidade econômica, social e ambiental, mas isso é outro assunto, né?” (Heloísa Helena)

Seguro defeso


Agora em novembro, 60 mil pescadores artesanais afetados pelo vazamento de óleo no litoral do Nordeste receberão uma parcela do seguro defeso. O governo federal vai destinar R$ 59,9 milhões para o pagamento do benefício aos pescadores da área marinha. O anúncio foi feito pelo secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Jorge Seif Júnior. Segundo Seif, como o óleo afetou a área marinha, o benefício será pago somente aos pescadores dessa localidade, independentemente da espécie pescada.

Marta, a melhor do Mundo, homenageada em Maceió


Eleita por seis vezes a melhor jogadora do Mundo pela FIFA e atualmente jogando no Orlando Pride, do EUA, a camisa 10 da Seleção Brasileira, Marta Vieira Silva, natural de Dois Riachos, no Sertão Alagoano, vai ser agraciada pela Câmara Municipal com o Título de Cidadã Honorária de Maceió. A iniciativa é da vereadora Ana Hora (PSD) e o Projeto de Decreto Legislativo que concede a homenagem foi aprovado, em segunda discussão, em sessão ordinária no último dia 17 de outubro, no Legislativo municipal. A data para que o Título seja entregue a Marta ainda será definida.

 *Em Rio Largo, além da candidatura à reeleição do prefeito Gilberto Gonçalves, o ex-prefeito Toninho Lins, fora da prisão, também estará na disputa. Como concorrente ou mentor.
*Em Paripueira, o nome da bacharela em Direito Roberta Miranda começa a ser cogitado para a Câmara Municipal de Vereadores, apresentado como o novo na política local. E está incomodando os que continuam a fazer a velha política da sobrevivência pessoal.
*Senador Rodrigo Cunha, presidente estadual do PSDB de Alagoas, renovando os diretórios municipais, com vistas às eleições do próximo ano.
*Um instituto decide fazer um seminário sobre os bairros do Pinheiro/Mutange/Bebedouro e Bom Parto. Convida para palestrantes o presidente do TJ, desembargador Tutmés Airan, procuradores federais, e cobra de quem assistirá as palestras a inscrição nos valores de R$ 40,00 e R$ 60, 00. É sério isso? Tribunal de Justiça e MPF darão palestra de interesse público para que um grupo de pessoas se beneficie financeiramente???!!!!!
*Senador Fernando Collor, sobre a reforma da previdência: "Esta reforma também desconsidera seus próprios impactos econômicos indiretos. Os benefícios previdenciários e assistenciais contribuem para movimentar a economia dos municípios carentes. A diminuição do valor dos benefícios prejudicará a qualidade de vida nessas localidades".

Pirâmide financeira


A Painel Alagoas trouxe na edição de outubro (foto) a denúncia de que um cartório em Maceió está sendo investigado por suspeita de criar uma pirâmide financeira. Envolvido em dívidas, o cartório do 2º Ofício de Protestos da capital foi denunciado ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Justiça do Estado. Documentos conseguidos pela nossa reportagem apontam várias irregularidades que teriam ocorrido sob a responsabilidade do tabelião Carlos Gonzaga Breda, inclusive a de não repassar dinheiro pago pelos devedores aos credores. Na hipótese de haver a tal pirâmide, podem estar envolvidos um juiz de direito e um investidor suíço. Também iniciamos nessa edição parceria com o blog Aqui Acolá, que estreou com matéria da jornalista Iranei Barreto sobre a exposição “Teia de Sentidos”, do artista plástico Pedro Cabral.


*Publicado originalmente na coluna Palanque da edição 34 da revista Painel Alagoas


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]