Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
22 de setembro de 2019
min. 20º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Exército prende garimpeiros em unidades de conservação do Amazonas
14/01/2019 às 12h48

Blogs

Desafio dos seis primeiros meses de Bolsonaro

Foto:Átila Vieira


Feliz 2019

Painel Alagoas em formato de revista nasceu em 2018 e firmou-se como um impresso que mais do que a informação de fatos, conta histórias que nos servem de reflexão própria e de debates públicos. 

Em novembro passado a revista venceu, com matéria dos jornalistas Carlos Amaral e Carlos Victor Costa, o Prêmio Braskem de Jornalismo em Reportagem Especial, ampliou sua equipe, cresceu em parcerias e leitores e agradece a cada um que participou e participa conosco dessa jornada.

Um 2019 próspero, tolerante, otimista, de boas notícias para todos nós!!!!

Desafio dos seis primeiros meses de Bolsonaro

O economista e filósofo Eduardo Giannetti (foto) avalia que o governo de Jair Bolsonaro terá apenas seis meses para apresentar uma proposta crível de ajuste fiscal que seja capaz de sinalizar o controle das contas públicas. E o ponto primordial desta agenda, avalia, é a reforma da Previdência. 

Assessor econômico da ex-presidenciável Marina Silva nas últimas três disputas eleitorais, Giannetti acredita que a equipe formada por Paulo Guedes tem um diagnóstico correto dos problemas da economia, mas enxerga uma série de incertezas sobre o futuro do governo: como será qualidade da reforma da Previdência, qual será a relação entre o Executivo e o Legislativo no futuro governo e o entendimento sobre os rumos do país entre os próprios integrantes da administração Bolsonaro. 

"Temos dentro do governo um vetor militar, com sete ministros, com posturas nacionalistas, intervencionistas na maior parte dos casos e com uma visão muito mais geopolítica do que de racionalidade econômica na condução das suas propostas. Não está claro como é que vai se dar a relação deste vetor militar e o vetor econômico, neoliberal de Chicago, liderado pelo Paulo Guedes. Conflitos vão aparecer”, analisa Giannetti.

O favorito

Por ora, apontam os vetores para a vitória do deputado Marcelo Victor à presidência da Assembleia Legislativa de Alagoas a partir de fevereiro. Sinais dão conta de que o deputado Olavo Calheiros já foi devidamente acalmado pelo Palácio do Governo e que não disputará o cargo. Mas como em política ventos não dizem nada, pero si, pero no, é aguardar mesmo o dia da votação. Até lá, apenas burburinhos nos bastidores a movimentar especulações. No final, tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Nova imagem

Os dois anos da conselheira Rosa Albuquerque (foto) na presidência do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas deu ao órgão consultivo uma imagem técnica positiva. Durante esse período, o tribunal saiu das páginas policiais, emplacou um ritmo de trabalho com agilidade e mostrou independência da influência política. Aclamada vice-presidente da instituição para o biênio 2019-2020, Rosa, sem nenhuma dúvida, construiu um novo tempo para o TCE.

Nova Orla Lagunar

As quase 2 mil famílias dos assentamentos Torre, Sururu de Capote, Peixe e Muvuca, na orla lagunar de Maceió, vão trocar os barracos onde vivem por moradias dignas. Semana passada, dia 29 de dezembro de 2018, o prefeito da capital Rui Palmeira e o então Ministro das Cidades, Alexandre Baldy , assinaram a Ordem de Serviço para a construção do Conjunto Residencial Vilas do Mundaú.

Nesse mesmo dia, foram autorizadas obras de mais 6.684 unidades habitacionais em Maceió, totalizando mais de R$ 534 milhões em investimentos para a construção de novas residências.

 Estão neste pacote os residenciais Brisas da Lagoa I, II e III (960), no Bebedouro; Mário Peixoto I e II (384), no Santos Dumont; Diana Simon (180), no bairro Santa Amélia; Pedro Teixeira I e II (1.000), também em Santa Amélia; Vale Bentes I e II (1.000), no Benedito Bentes; Vale do Parnaíba (240), no Rio Novo; Alamedas do Farol (480), Alamedas do Pontal (480), Alamedas Jatiuca (480), Alamedas Pajuçara (480) e Oiticica I e II (1.000), todos localizados no Benedito Bentes.

Economia

No ano de 2018, o Estado de Alagoas economizou mais de R$ 208 milhões em licitações de compras governamentais e serviços para a administração pública, informa a agência de notícias do governo estadual. Os itens licitados pela Agência de Modernização da Gestão de Processos (Amgesp) foram homologados com valores menores do que os estipulados pelos orçamentos iniciais. A Amgesp também conseguiu reduzir em mais de R$ 5 milhões os custos com telefonia, energia elétrica e água. No total, a economia gerada chega a quase R$ 214 milhões.

Mais uma delação no encalço de Renan

Em dezembro passado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, homologou o acordo de delação premiada de Jorge Luz, lobista apontado como intermediador de propinas para políticos do MDB. Em sua delação premiada, Luz relatou ter pago milhões em propinas para o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e aliados. O senador nega as acusações.

A todo vapor

Em Arapiraca, o prefeito Rogério Teófilo  concluiu o ano de 2018 com otimismo para 2019. Ele prestou contas de sua gestão em entrevistas à imprensa e assegurou que neste novo ano vai realizar projetos que já estão com recursos garantidos, como o Shopping Center a Céu Aberto, Centro de Convenções e a revitalização da orla da Perucaba.

Paripueira Summer

Acontece neste janeiro a primeira edição de Paripueira Summer, com torneios, atrações musicais, entretenimento, feiras artesanais e muito mais, segundo promete a gestão do prefeito Haroldo Nascimento. A intenção é que o evento integre o calendário de cultura e de turismo do município, região Norte e governo do estado.

*Largada dada para eleição municipal de 2020 em vários municípios alagoanos. Alguns já têm (pré) candidatos definidos, em outros, apenas projetos de poder de grupos políticos. O fato é que a guerra foi iniciada.

*Derrotado para a reeleição, o deputado federal Givaldo Carimbão deve ser candidato a prefeito no Sertão de Alagoas em 2020. Entre as apostas, Santana do Ipanema ou Delmiro Gouveia.

*Em Maceió, surge um possível nome para disputar a sucessão de Rui Palmeira daqui a dois anos:  o ex-governador Ronaldo Lessa, que comanda no estado o PDT e que hoje está ligado ao governador Renan Calheiros Filho. E que já foi do grupo político de Rui. E que pode seguir em outros caminhos. É aguardar, pra ver. 

*Surge nos bastidores a possibilidade de o vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, disputar a Prefeitura de Maceió em 2020, com total apoio dos Calheiros. 

*Ex-governador Manoel Gomes de Barros prepara-se para disputar a Prefeitura de União dos Palmares daqui a dois anos, contra o atual prefeito, Kil. Deverá ter apoio de seu compadre e aliado político, senador Renan Calheiros.

*Difícil em São José da Laje a oposição levar a prefeitura do grupo de Neno, na próxima eleição. Fala-se que para essa missão o candidato de Neno e de seu filho Rodrigo Valença, atual prefeito, será o vice, Dr. Júnior.

*Janeiro inicia com apostas em reforma de secretariado na Prefeitura de Maceió e no Governo do estado.

*A partir da edição da Painel Alagoas de fevereiro, assume a editoria geral o jornalista Afranio Aquino.


Os aplausos e os choros no “Adios, cubanos”

A saída dos médicos cubanos do Brasil, a história do programa Mais Médicos, o profissionalismo da medicina de Cuba em Alagoas e as críticas e elogios a esse trabalho, contados e retratados em reportagem da Painel Alagoas, edição de dezembro (foto). Na Barra de Santo Antônio, população que foi assistida por duas médicas cubanas descreve a atenção e os cuidados delas para com os pacientes, e mais, como reagiram poder público, políticos e governo? Qual a leitura dos brasileiros sobre o governo cubano ficar com parte dos salários desses profissionais?

Também nesta edição, texto sobre a vinda do jornalista Felipe Camelo para compor a equipe da Painel Alagoas e matérias sobre cultura, turismo, colunas e artigos, entre outros. 



Fonte: Painel Alagoas


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]