Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
23 de julho de 2019
min. 23º máx. 28º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Bolsonaro diz que apoia suspensão da tabela do frete
17/12/2018 às 15h44

Blogs

Renan, novamente presidente do Senado?

Pedro França/Agência Senado


Renan, novamente presidente do Senado?

Reeleito para mais oito anos de mandato no Senado, Renan Calheiros (foto) pode ser de novo o presidente daquela Casa.

Quem tem conversado com senadores eleitos e reeleitos, e com os que ainda têm mais quatro anos de mandato, fica sempre com a impressão de que a presidência do Senado Federal já é de Renan.

Articulado, conhecedor astuto do mecanismo político que move o Congresso Nacional, garantem alguns políticos alagoanos que Renan Calheiros só não retornará à presidência do Congresso Nacional se não quiser.
Alguém duvida que ele pode não querer?
Nos últimos tempos, o senador alagoano só tem o que festejar, inclusive com os processos na Justiça contra ele sendo arquivados ou o absolvendo das denúncias.
Está conversando com Bolsonaro, com futuros ministros de Estado, e se preparando para o Brasil que vem a partir de janeiro de 2019.
Sendo presidente ou não do Senado Federal, Renan continuará a ser um político forte em Brasília, só não se sabe se mais aliado ou oposicionista ao novo governo.
Quem viver, verá.
Só para constar, esse é o quarto mandato consecutivo de Renan como senador, que já se elegeu três vezes presidente do Senado Federal. 

Reeleito

O Chefe do Ministério Público Estadual, Alfredo Gaspar de Mendonça (foto), foi reeleito para o cargo. Candidato único, obteve 99,37% dos votos, de um universo de 158 eleitores para um mandato de dois anos (2019-2020).


Governo Militar

O presidente Jair Bolsonaro escolheu, até agora, seis ministros militares para governar o Brasil com ele: General Carlos Alberto dos Santos Cruz (Secretaria de Governo);General Fernando Azevedo e Silva (Defesa);General da reserva Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional);Almirante Bento Costa Lima Leite (Minas e Energia);Tenente-coronel da Força Aérea Brasileira, o astronauta Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia); ex-oficial  do Exército Wagner Rosário (Controladoria Geral da União).


Um time, um cargo político?


Já vem de novo à tona a possibilidade de o presidente do CSA, empresário Rafael Tenório (foto), disputar um mandato político na eleição de 2020. Fala-se que o cargo pretendido é o de prefeito de Maceió. O que motiva Tenório? Dizem que é a emoção dos azulinos com o time na Série A. Em 2017, ele ensaiou uma candidatura ao Senado para a disputa eleitoral deste ano, mas se contentou com uma suplência na chapa do senador Renan. Pode ser que agora vá. Ou não. 

*Deputado federal Ronaldo Lessa, derrotado à reeleição do mandato, deve assumir uma Secretaria de Estado. A tendência, pelo menos por ora, é a de que nenhum parlamentar eleito da base do governador Renan Filho, queira deixar Brasília no início do novo governo para dar lugar a Lessa.*Senador Fernando Collor transformou o jornal Gazeta de Alagoas, com 88 anos como diário, em uma edição de fim de semana. A motivação está longe de ser a nova forma de se fazer jornalismo, foi coisa de má gestão financeira mesmo. Tanto, que os mais de 30 jornalistas e outros profissionais demitidos sequer sabem quando podem pensar em receber a indenização que, por direito, têm.


Aborto, polêmica na pauta política


A Painel Alagoas trouxe na edição de novembro uma reportagem detalhada sobre o tema Aborto, matéria que chegará em 2019 à pauta do Congresso Nacional. A Revista ouviu parlamentares eleitos e reeleitos que apreciarão a matéria, médicos, CNBB, Federação Espírita e pessoas que viveram de perto o drama do aborto.

Abortar é uma escolha, um crime, um pecado?
Quem pode, com total propriedade, responder essa questão? É um assunto legal, de gênero, religioso, espiritual? O que se sabe, na verdade, são os números e os traumas consequentes de quem opta pelo aborto. Em Alagoas, só este ano, mais de duas mulheres foram atendidas em unidades de saúde em decorrência de abortos.“Aborto: milhares de casos sem rosto”, revela um debate que mais do que uma questão feminista, chama a atenção para o direito à vida.



*Publicado originalmente na coluna Palanque, edição nº 23 da revista Painel Alagoas


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]