Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
13 de novembro de 2018
min. 25º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Bolsonaro consultou Toffoli para anunciar assessor do STF na Defesa
10/09/2018 às 16h35

Blogs

Painel Alagoas - Um ano de resistência


Um ano de resistência

Painel Alagoas faz um ano agora em setembro. Iniciamos como semanário, trazendo no foco a cidadania e o debate de temas sociais através do jornalismo. No início deste ano, optamos pelo formato revista, edição mensal, sem perder a história construída lá atrás, onde o nosso número zero (foto) retratou a vida da população de rua de Maceió, e os próximos números seguiram nessa mesma direção.

Não é fácil fazer jornalismo impresso quando a internet nos mostra, a cada dia, que essa é a plataforma de leitura dos dias atuais e futuros. E isso o nosso portal, Painel Notícias, nos revela permanentemente com os crescentes acessos de internautas de vários estados brasileiros e até de fora do país. Mas estamos dispostos a encarar o desafio e trazer para a impressão o que fazemos também virtualmente, com muita responsabilidade e compromisso com a informação e a opinião.

Em um ano nas bancas, Painel Alagoas agradece aos parceiros, colaboradores e leitores.

Rinha eleitoral

Os debates entre os candidatos majoritários há anos já não funcionam como plataforma de conhecimento de propostas. Alguns vão para as emissoras de televisão e de rádio feitos galos de briga, como se ali fosse um ringue de rinha, nada além disso. Lastimável, quase sempre não sobra nada para o eleitor avaliar, a não ser a grosseria, o destempero, e até os fake news levados pela maioria dos que se dispõem, através do nosso voto, administrar nosso estado, nosso país.

Coragem

Em Alagoas, dois candidatos têm legitimidade para usar a palavra coragem em suas campanhas. A ex-senadora e candidata a deputada federal, Heloísa Helena (Rede Sustentabilidade), e o deputado estadual e candidato ao Senado Rodrigo Cunha (PSDB). A ambos, casa bem o discurso com a prática de que seus princípios “são inegociáveis”.

A ONG secreta

A nossa edição de agosto trouxe como matéria de Capa o Povoado Torrões (foto), em São José da Tapera, no Sertão de Alagoas, que há cerca de dez anos ganhou como madrinha a ong “Amigos do Bem”, de São Paulo.

A instituição construiu casas, levou água, serviços médicos, escola e até uma casa de costura e uma de artesanato, entre outras ações.

 Há inclusive regras de convivência criadas pela ong e não há dúvida de que o povo e o lugar sofreram transformações positivas na qualidade de vida. A nossa equipe esteve lá, conversou com os moradores, mas estranhamente encontrou resistência da própria instituição em divulgar os benefícios que ela trouxe para o povoado (O material também está disponível em nosso portal painelnoticias.com.br).

Estranheza à parte, a reportagem mostrou que tudo é uma questão de gestão. Para o bem e para o mal. 

A imprensa nossa de todo dia

Há veículos de Comunicação em Alagoas que passaram os últimos três anos e meio sem nenhuma crítica ao atual governo do estado. Publicavam os releases positivos que chegavam do Palácio República dos Palmares, sem tirar, nem por, muito menos checar. Agora, andam danados no ataque, dia sim, dia sim, como se tudo de bom que publicaram no passado nunca tivesse existido. O motivo da mudança da água para o vinho? Uma disputa eleitoral, apenas isso.

Reaja Alagoas

Pegou onda a campanha Reaja Alagoas, do candidato a senador Rodrigo Cunha (PSDB). Muitos voluntários dessa candidatura estão abrindo em seus municípios a Casa Reaja, para debater e divulgar os compromissos de Rodrigo . A prevalecer a receptividade das ruas a Rodrigo, há uma tendência forte de os alagoanos mudarem sua representação no Senado Federal.

Serviços prestados

Os senadores candidatos à reeleição, Renan Calheiros (MDB) e Biu de Lira (PP), e o deputado e ex-ministro Maurício Quintella (PR), também candidato ao Senado, fazem campanha falando do que já fizeram pelo estado, a partir das emendas parlamentares. No caso de Quintella , ele soma a esse discurso o que trouxe para Alagoas como ministro dos Transportes.

Fora do palanque

Geraldo Alckmin, candidato do PSDB a presidente do Brasil,  não deve vir ao estado de Alagoas na campanha eleitoral deste ano,  para não ter que subir num mesmo palanque com Fernando Collor. 

E Ciro segue, fazendo piada...

O presidenciável Ciro Gomes batizou de "Nome Limpo"sua proposta para quitar os débitos dos consumidores que estão com o nome sujo no SPC. Pelas contas do candidato, há atualmente cerca de 63 milhões de pessoas nesta situação, o que representa 30% da população brasileira. E ele explica: "Não se trata de dar dinheiro, trata-se de refinanciar depois de um grande desconto ajudado pelo governo federal", tipo, vai intermediar as negociações??? E garante que é sério!!!!!


* Publicado originalmente na coluna Palanque da edição nº 20 da revista Painel Alagoas


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]