Dólar com. 5,366
IBovespa -1,18
27 de setembro de 2020
min. 23º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Bolsonaro recebe alta após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga
11/09/2020 às 18h20

Blogs

Rendendo Arte

Felipe Camelo

Engraçado como a idade vem trazendo histórias da vida que nem lembrava que lembrava. O tempo voa na velocidade do raio, e em 11 de março próximo completo 59, isso quer dizer que no dia seguinte, já vou estar iniciando meu ano LX.

Mas enfim, voltando ao departamento da memória, lembro que observava o movimento de bordados e rendas na casa de minha avó paterna, Afra, que viajava muito, e sempre levava bordados e rendas consigo. Suas amigas brasileiras e estrangeiras sempre pediam. Vovó adorava trabalho artesanal, e eu aprendi a admirar e valorizar.

Engraçado, sempre achei que as bordadeiras e rendeiras merecem + valor e destaque do que tem. Como jornalistas, valorizo a mão de obra artesanal em todas as linguagens artísticas, principalmente os trabalhos únicos, exclusivos. E cobrindo eventos de moda, observo que este trabalho único e pessoal sempre fica em 2* plano.

Tanto que foi enorme minha felicidade quando recebi convite para participar como jornalista da Renda-se 1ª Mostra de Moda Alagoana, que, além de valorizar as criações de 5 estilistas e 5 estudantes de Moda, vai colocar o foco também nas rendeiras, que produzem o Filé que valorizam suas criações e tem como principal elemento, este Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas.

Numa ideia original e criativa de Mirna Porto Maia, realização da Ponto de Produção e patrocínio Magazine Luiza, através de Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria da Cultura do Ministério do Turismo, este projeto vai muito além do ‘fashion’, artesanal, cultural. Com certeza vai movimentar a economia gerando qualificação, emprego e renda, principalmente na cadeia produtiva da Moda, atestando ainda + importância e valor ao trabalho feito por corações e mãos.

E na manhã desta 6ª-feira, estive na Ilha de Santa Rita com Mirna, para visitar e conferir como estão as rendeiras que comandam o Instituto do Bordado Filé em Alagoas, que integram supertime de 30 artesãs que vem, felizes e orgulhosas, caprichando nas produções dos participantes do Renda-se, que, no próximo dia 24, vai congestionar o YouTube, transmitindo o desfile que reforça a melhor imagem criativa e positiva do estado. Arte artesanal, exclusiva, única, pessoal, intransferível, alagoana!!!


Fonte: Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]