Dólar com. 5,324
IBovespa 0,88
15 de julho de 2020
min. 23º máx. 27º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Samu Alagoas registra mais de 48 mil ocorrências no primeiro semestre de 2020
22/06/2020 às 19h06

Blogs

Contra o vírus, Respeito é Vida

Reprodução

Me confesso esgotado, exausto mesmo, pelo absurdo comportamento coletiva e generalizada, Brasil afora. Desse irresponsável comportamento, chegaremos rapidinho aos 2 milhões de infectados e sei lá quantos milhares de mortos.

Não sei o que tenho +, se pena ou raiva destes ignorantes... Aqui no Brasil, em varias das cidades que criaram etapas de relaxamento, estão repensando numa novo confinamento. Nos Estados Unidos também, ninguém respeitando as normas de comportamento social, nas cidades que já relaxaram o isolamento) com distanciamento mínimo, uso permanentemente de máscara, limpar sempre as mãos...  o 1º milhão de infectados foi atingido em 3 meses, este 2º milhão, em apenas 8 dias, eu disse 8 (oooito).

É pra lá de assustador, mas muita gente segue negando, se arriscando e pondo em sérios riscos muita gente. Fico horrorizado, apesar de toda cobertura que a Imprensa tem dado ao Coronavírus, frequentando baladas, fazendo festas em casa, frequentando  praias e calçadas de botecos, o que não falta é aglomeração, e ninguém usando equipamento de proteção individual. É assustador, já que os casos de novos infectados, seguem curva acima.

Outro inacreditável e triste dado, o Brasil é o país onde + morrem profissionais de saúde no mundo. Pessoas que deixam suas próprias vidas e famílias pra se dedicarem integralmente ao salvamento de milhares de pessoas. E pra piorar o negativismo da realidade, muitos ativistas que apoiam o governo federal, agridem e desrespeitam quem está empenhado em ações de solidariedade, como por exemplo, mobilizações em homenagem aos que não resistiram ao covid-19 e também aos profissionais envolvidos nesta guerra pela Vida.

Como já publiquei, só saio quando preciso comprar comida pra mim e pra minha ‘pet-filha’, algum remédio ou pagar contas. E confesso que me esgota, me estressa, pelo trabalhão e preocupação com todos os cuidados de segurança, de higienizar tudo o que trago pra casa, higienizar também as roupas e calçados que usei, caprichar no banho... quando termino tudo, quase 1h depois que chego em casa, tô bem cansado, e triste, pelo que vejo na rua, muita gente sem máscara, ou com ela no queixo, e até pendurada no guidão de bicicleta. É verdadeira confirmação de ignorância, e desrespeito, próprio e ao próximo.

Acho chato ficar escrevendo e postando este mesmo assunto, mas, como vidas dependem de outras pra sobreviver, eu aqui, de novo, dando minha opinião. Se o isolamento tivesse sido plenamente entendido e praticado por todos, como deveriam, já estaríamos quase livres deste contágio.

E enquanto isso não for assimilado por todos, seguiremos perdendo pessoas que amamos. Eu, muito triste por tudo isso, mas se estamos vivendo esta pandemia, tem propósito, de se repensar a vida que a humanidade vinha achando normal. E me esforçando pra continuar tendo fé, inclusive na humanidade dos seres ditos racionais.


Fonte: Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

Felipe Camelo é jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]