Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
13 de dezembro de 2018
min. 25º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Congresso aprova crédito suplementar de R$ 1,7 bilhão ao Orçamento

Blogs

Por que se comemora o Dia Internacional da Mulher em 8 de março?

08.03.2015 às 14:00
No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
 
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
 
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).
 
Objetivo da Data 
 
Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.
 
Conquistas das Mulheres Brasileiras
 
Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.
 
Marcos das Conquistas das Mulheres na História 
 
- 1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.
- 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.
- 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.
- 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.
- 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.
- 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas.
- 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres.
- 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.
- 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças.
- 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina.
- 1893 - a Nova Zelândia torna-se o primeiro país do mundo a conceder direito de voto às mulheres (sufrágio feminino). A conquista foi o resultado da luta de Kate Sheppard, líder do movimento pelo direito de voto das mulheres na Nova Zelândia.
- 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.
- 1951 - a OIT (Organização Internacional do Trabalho) estabelece princípios gerais, visando a igualdade de remuneração (salários) entre homens e mulheres (para exercício de mesma função).
 
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil

A Minissaia de Ontem e de Hoje

26.02.2015 às 17:18
A Origem da minissaia se dá muito além do que se imagina, durante a idade média, há relatos que uma antiga cultura chinesa, a Duan Qun Miao, que aportuguesado quer dizer  "saia curta Miao",  já utilizava a minissaia.
 
Depois da I Guerra Mundial, o comprimento das saias diminuiu rapidamente no mundo ocidental. Até meados dos anos 1920, vestidos usados pelos jovens "flappers" eram muitas vezes acima do joelho, que só foi permitido pelo abandono dos espartilhos das eras vitoriana e eduardiana.
 
O aspecto de saias, no Ocidente da década de 1960 foi geralmente creditado à estilista Mary Quant, que foi inspirado pelo Mini automóvel, embora o designer francês André Courrèges também é frequentemente citado como um pioneiro (os franceses referem-se à minissaia como la mini-jupe).
 
Alguns também dão crédito a Helen Rose, que fez algumas saias para a atriz de Anne Francis em 1956, para o filme Forbidden Planet.
 
*Extraído de http://www.fiquecomtroco.com
Postado por Cultura Inúltil

Por que as letras do teclado não seguem a ordem alfabética?

13.03.2012 às 20:57

Você já se perguntou alguma vez por que o teclado não segue uma Ordem alfabética?

Vivemos em uma era digital, em que o computador já está se tornando algo indispensável, e até as crianças já se sente familiarizadas com o tipo de teclado que temos hoje, que leva o nome de QWERTY, devido as suas primeiras letras.
 
Essa confusa ordem deixa qualquer um “catando milho” em sua primeira vez, mas o objetivo dessa ordem é exatamente esse, “ fazer com que as pessoas catem milho”.
 
As primeiras máquinas de escrever costumavam travar quando a datilografia era muito rápida, quando a maquina foi inventada pelo impressor americano Chistopher Latham Sholes (1819 – 1890) em 1868, elas eram ordenadas em ordem alfabética como podemos ver a sequência quase completa da segunda fileira DFGHJKL, as mudanças foram feitas para forçar o datilografo a bater nas teclas com uma força adequada, fazendo com que as letras mais usadas como a letra “A” fossem usadas pelo dedo mínimo.
 
Em 1932 o também americano August Dvorak psicólogo educacional e professor de educação, formulou um teclado muito eficiente para a Língua inglesa, onde era possível escrever 3000 palavras só na fileira principal, contra apenas 50 do velho e confuso QWERTY, que mesmo assim acabou sendo o escolhido por que o povo já estava familiarizado com ele, dificultando assim qualquer mudança, mesmo que para melhor, e acabaram escolhendo o antigo e antiquado pelo eficiente e melhor.
 
O medo de mudanças faz com que muitas pessoas deixem de experimentar o melhor das pessoas, estão tão acostumadas com esse mundo, que perderão de vista a promessa de Deus. “Faço nova todas as coisas” Apocalipse 21:5
 
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil

Beber cerveja todo dia faz bem e combate até diabetes

12.01.2012 às 15:53

A cerveja foi elevada ao status do vinho no que diz respeito aos benefícios à saúde. Um novo estudo espanhol comprovou que tomar uma caneca da bebida por dia combate diabetes, evita ganho de peso e previne contra hipertensão. Além de ter graduação alcoólica baixa, a cerveja contém ainda ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio – nutrientes que protegem o sistema cardiovascular.

 
“Nesse estudo, nós conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que ela tem cerca de 200 calorias por caneca – o mesmo que um café com leite integral”, destaca a médica Rosa Lamuela, uma das responsáveis pela pesquisa feita em parceria entre a Universidade de Barcelona, o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri.
 
Os especialistas afirmam também que a cerveja não é a responsável pelo aumento da gordura abdominal. A culpa, na verdade, seria dos aperitivos gordurosos, como salgadinhos e frituras, que grande parte das pessoas consome junto à bebida.
 
O estudo, realizado com 1.249 homens e mulheres acima de 57 anos, indica que mulheres podem tomar dois copos pequenos de cerveja por dia, enquanto para os homens estão liberados até três copos. Contudo, o hábito deve estar associado a uma dieta saudável e a exercícios físicos regulares.
 
*Veja Online
Postado por Cultura Inúltil

2012 será um ano Bissexto

01.01.2012 às 12:17

E lá se vai 2011! Finalmente chegamos a 2012, com festa, mais promessas e desejos de que seja um ano melhor que 2011. Melhor, ninguém sabe, mas maior, com certeza!

O ano de 2012 será um ano bissexto, que é um ano com 366 dias, um dia a mais que os anos comuns. Mas, por que isso acontece?
 
A motivação é astronômica. Aliás, a construção de calendários é uma das mais antigas atividades astronômicas. Introduzir um dia a mais em determinados anos faz com que o ano terrestre continue compatível com o ano astronômico. É assim.
 
A Terra completa uma órbita em torno do Sol em 365 dias, 5 horas e 48 minutos aproximadamente, o chamado ano solar. Então, em um ano com 365 dias, a Terra não fecha uma órbita completa, ainda faltam quase 6 horas para isso acontecer. Isso significa que logo no primeiro dia do ano seguinte, em um determinado horário, a Terra estará 6 horas “atrasada” em sua trajetória no espaço em relação ao mesmo evento do ano anterior. A cada quatro anos, esse atraso soma quase um dia.
 
Como consequência, a cada quatro anos um evento estará um dia defasado deste mesmo evento há quatro anos atrás. Por exemplo, o início das estações: o outono no hemisfério sul seria “comemorado” no dia 21 de março, mas se deixássemos de corrigir esse efeito por, digamos 100 anos, o equinócio astronômico ocorreria somente lá pelo meio de abril!
 
Essa correção começou a ocorrer já na época de Júlio César no ano 45 a.C., mas era feita de maneira errada. Nessa época, um dia era inserido a cada três anos, em um calendário conhecido como Juliano. Mais tarde, no ano 8 d.C. o imperador César Augusto impôs uma nova correção ao calendário, estabelecendo que a inclusão de um novo dia deveria se fazer a cada quatro anos. Além disso, fevereiro passou a ter 28 dias (tinha 29) e o senado romano trocou o nome do mês de Sextilius para Augustus (que hoje é o mês de agosto) em homenagem ao imperador. Esse mês passou a ter 31 dias (incorporando o dia retirado de fevereiro) e por isso até hoje a alternância entre meses com 30 e 31 dias (excetuando fevereiro) falha com os meses de julho e agosto. Julho em homenagem a Júlio César tem 31 dias então agosto em homenagem a César Augusto não poderia ser mais curto. Este calendário passou a ser chamado de calendário Augustiano e vigorou entre os anos 45 d.C. e 1581.
 
Entretanto, em 1582 o papa Gregório XIII modificou o calendário Augustiano de modo a ajustar o calendário para conciliar a páscoa cristã com o equinócio de primavera (no hemisfério norte) que ocorre no dia 21 de março. Um estudo encomendado pelo papa mostrou que seria necessário retirar dez dias do ano de 1582 e isso foi feito no mês de outubro. Neste ano, o dia 15 de outubro sucedeu imediatamente o dia 04, isto é, os dez dias entre 04 e 15 de outubro foram suprimidos e não existe nenhum registro histórico com data em algum desses dias. Após essas correções, as regras para se definir um ano bissexto ficaram estabelecidas da seguinte maneira: a cada 4 anos há um ano bissexto, com a inserção de um dia ao final de fevereiro deixando-o com 29 dias; a cada 100 anos o ano não será bissexto, mas a cada 400 anos o ano é bissexto.
 
Esse novo calendário ficou conhecido como Gregoriano e é adotado por um grande número de países, mas não todos. Os cristãos ortodoxos, por exemplo não efetuaram as correções introduzidas em 1582 e hoje a defasagem entre os calendários é de 14 dias.
 
Falando em calendários, hoje há vários estudos e tentativas de se estabelecer um único e permanente calendário. Permanente ou estável, como os pesquisadores preferem dizer. Neste calendário, uma data em particular cai no mesmo dia da semana para o resto da vida. Por exemplo, o Natal de 2012 cairá em um domingo, em um calendário permanente (ou estável) ele ficaria no domingo para sempre.
 
O último desses calendários foi proposto há pouco meses pelo astrofísico Richard Henry e pelo economista Steve Hanke, ambos da John Hopkins University e chama-se calendário Hanke-Henry. A proposta é já começar a ser implantado no ano que vem e como meta, pretendem que o mundo todo o esteja usando em 2017.
 
Este calendário põe o dia primeiro de janeiro num domingo para sempre. Mais do que isso, haveria uma sequência de dois meses com 30 dias, sucedido por outro com 31. Assim teríamos, janeiro e fevereiro com 30 seguido de março com 31 dias e assim sucessivamente; abril e maio (30) seguido de junho (31) e etc. Para compatibilizar esse calendário com o calendário astronômico (aquelas 6 horas que eu mencionei lá em cima), um mês “extra” com 7 dias seria introduzido a cada 5-6 anos.
 
Diferente de outras tentativas de se reformar o calendário, esse deve ser um sucesso, segundo seus proponentes. Isso porque ele não quebra o ciclo de 7 dias por semana, considerado sagrado por Henry e Henke. Mas por que um calendário desses?
 
A motivação é puramente econômica, as indústrias poderiam planejar com antecedência seus investimentos e férias de funcionários, por exemplo, durante anos a fio. Os governos poderiam fixar os calendários escolares com relação aos feriados, que seriam sempre no mesmo dia da semana. A economia de empresas e países seria imensa com esse novo calendário.
 
Mas e daí? Se você nasceu no dia 31 de janeiro, ficará sem data para comemorar. Na melhor das hipóteses, poderá usar o dia 30, seguindo a lógica que nasceu no último dia de janeiro. E isso vai acontecer para o resto da sua vida em uma segunda feira sem graça. Natal e Ano Novo sempre aos domingos para você ir trabalhar logo na segunda feira. A cada 5-6 anos um mês extra com 7 dias, para quê? Para trabalhar mais? Tudo isso para as empresas se organizarem melhor e faturarem mais? Tô fora! Prefiro o bom e velho calendário Gregoriano, com suas datas “móveis”.
 
E falando nele, feliz Ano Novo!
 
 
*Observatório/G1
Postado por Cultura Inúltil

Material mais leve do mundo faz isopor parecer tijolo

05.12.2011 às 14:32

Ainda sem nome, o material criado pelo HRL Laboratories pode ser utilizado em carros e aviões

 
Imagine um material tão leve que seria capaz de fazer até mesmo o isopor ficar pesado. Assim é a nova invenção do HRL Laboratories. Ainda sem nome definido, o material possui a densidade de apenas 0,9 miligramas/centímetro cúbico. Isso só é possível graças à estrutura criada pelo líder do projeto – o Dr. Alan Jacobsen – que conseguiu fazer com que apenas 0,01% do elemento fosse sólido (todo o resto é volume vazio).
 
O grande segredo da leveza do material é a composição de tubos nanoscópicos muito resistentes. Isso também permite que, quando amassada, a estrutura dele volte ao formato original rapidamente, não apresentando deformações.
 
Segundo os especialistas envolvidos na fabricação do material, algumas das principais aplicações práticas dele devem ser relacionadas às indústrias aeronáutica e automobilística. O HRL Laboratories é uma empresa afiliada à Boeing Company (fabricante de aviões) e à General Motors (montadora de carros), o que dá ainda mais força às expectativas.
 
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil

Menino de 8 anos fica milionário com loja virtual

25.11.2011 às 13:18

Garoto londrino pediu permissão para iniciar seu próprio negócio e, agora, tem clientes no mundo todo

 
Um menino de oito anos se tornou milionário ao abrir seu próprio negócio na internet, segundo informações do site Mail Online. Harli Jordean, morador de Londres, criou um site de vendas de bolinhas de gude que tem dado a ele e sua família milhares de libras por ano.
 
O garoto prodígio decidiu começar o negócio quando algumas crianças mais velhas roubaram sua coleção de bolinhas de gude. Ele pediu para sua mãe lhe comprar mais bolinhas na internet, porém, os dois perceberam que não existiam muitos sites com este tipo de produto à venda. O garoto, então, pediu permissão para iniciar seu próprio negócio. Poucos meses depois, Harli já tinha um grande volume de pedidos e estava cuidando de tudo sozinho.
 
Jordean aprendeu a lidar com fornecedores, pedidos e entregas logo cedo, pois o site começou a receber pedidos de diversos lugares do mundo. O pequeno empresário obteve tanto sucesso que precisou empregar sua mãe e os dois irmãos para conseguir atender a demanda de vendas do site. "Eu gosto de ser o chefe, mas gosto quando outras pessoas se envolvem no trabalho.
 
Assim, se algo der errado não será tudo minha culpa", conta. Segundo Tina, a mãe do menino, Harli agora quer produzir suas próprias bolinhas de gude na China para vender para lojas do mundo todo. "Ele é muito ambicioso e determinado. Algumas vezes suas ideias são tão grandiosas que nós temos que intervir. O sonho dele é ter a maior loja de bolinhas de gude do mundo",  completou.
 
*Olhar Digital
Postado por Cultura Inúltil

Nem sempre os cães lambem seus donos por amor

09.11.2011 às 15:23

Pode ser poético dizer que um cão encheu seu dono de beijos quando ele voltou de viagem, mas a realidade, estão descobrindo os cientistas, não é assim tão fofa.

 
Isso porque cachorros são extremamente sensíveis a cheiros e sabores -- coisas tão importantes para eles quanto a comunicação verbal ou a visão para os humanos. 
 
Assim, quando um dono volta da rua cheio de novos cheiros e gostos, seja da mão daquele colega de trabalho que foi cumprimentado ou da sujeira do banco de metrô em que sentou, ele está oferecendo ao seu cachorro um festival de sensações. 
 
Se seu cão quer saber por onde você andou, isso significa, claro, que ele vê algo de especial em você. Mas eles gostam de cheirar e lamber mesmo desconhecidos. 
 
"Saber do papel do odor para eles mudou minha forma de pensar sobre a maneira alegre com que minha cachorra cumprimentava um visitante, indo diretamente na região genital dele", diz Alexandra Horowitz, da Universidade Columbia (EUA). 
 
O comportamento da cachorra de Horowitz, que está lançando no Brasil o livro "A cabeça do cachorro"(BestSeller), faz todo sentido, diz. 
 
As regiões genitais, assim como a boca e os sovacos, produzem muitos odores -- e logo ensinamos às crianças a importância de lavá-las bem. Estando a boca e os sovacos geralmente mais distantes do cachorro, não é difícil imaginar que área ele vai atacar. 
 
"Não deixar que um cão cheire um visitante equivale, entre humanos, a vendar-se na hora de abrir a porta para um estranho", diz a cientista. 
 
Para um cão, cada pessoa tem um cheiro inconfundível, o que faz com que eles nos identifiquem pelo odor. Humanos conseguem usar o nariz para saber, por exemplo, se alguém fumou, mas cachorros vão muito além. 
 
Eles podem saber se você fez sexo, e até saber quem e quantas pessoas estavam junto. Ao se aproximar da sua boca, conseguem identificar o que você comeu. 
 
Mais do que isso, cachorros sentem cheiro de medo. 
 
"Gerações de crianças foram alertadas para nunca mostrar medo diante de um cão estranho", diz Horowitz.
 
Não era à toa. Quando assustados, suamos, e o odor do nosso corpo entrega o pavor. Além disso, a adrenalina é inodora para nós, mas não para bichos de faro aguçado. 
 
O olfato dos animais é tão bom que os cientistas querem utilizá-los na medicina. 
 
Um estudo treinou cães para reconhecer a urina de pacientes com câncer. Os cientistas se assustaram. Os cães aprenderam a "diagnosticar" a doença: só erram 14 vezes em 1.272 tentativas. 
 
Não se sabe direito quais substâncias eles aprenderam a reconhecer, mas alguns cientistas propõem "cães doutores" -- pelos estudos feitos, eles acertam mais que muitos doutores humanos.
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil

Sua excelência:o Tomate

27.10.2011 às 12:07

Um dos alimentos mais nutritivos da nossa mesa, o tomate contém vitaminas A, C e do complexo B, minerais (como potássio, fósforo e magnésio) e licopeno, que previnem uma lista de doenças e ainda rejuvenecem. A nutróloga Cristiene Coelho (médica e membro da Associação brasileira de nutrologia) explica o poder de ação de cada compnente:

 
Vitamina A: boa para a visão e a saúde da pele, também tem influência na reprodução e no desenvolvimento embrionário.
 
Vitamina C: antioxidante, protege o coração, aumenta a imunidade, participa da síntese de colágeno e auxilia na absorção do ferro presente nos alimentos.
 
Vitaminas do complexo B: importante para produzir energia no organismo, ainda preserva a saúde mental e a emocional.
 
Potássio: garante o bom funcionamento do coração e é essencial na transmissão dos impulsos nervosos e no transporte de nutrientes e água para dentro das células.
 
Fósforo: ativa as vitaminas do complexo B, participa do processo de manutenção dos ossos e dos dentes, melhora a resistência e ainda fornece energia.
 
Magnésio: o mineral age no sistema nervos, fortalece os ossos e os dentes e também previne câimbras e enxaqueca.
 
Dica: se você não é fã das sementes, sem problema: os maiores nutrientes do tomate encontram-se na casca e na polpa "as sementes concentram um alto grau de acidez, portanto eliminá-las na hora do preparo de alguns pratos é até interessante"
 
O tomate faz muito bem à saúde, mas não é para todos. "quem tem gastrite ou úlcera precisa evitá-los, pois ele irrita a mucosa gástrica" explica a nutróloga Cristiane Coelho, Os pacientes com insuficiência renal crônica devem consumir esse fruto com cautela, por conta da necessidade de controlar a absorção de potássio presente na alimentação.
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil

Por que minha voz é diferente no gravador?

30.09.2011 às 11:43

Você já ouviu sua voz gravada? Ela fica estranha, não é? Nem parece que somos nós que estamos falando. Os especialistas em som dizem que o modo como ouvimos nossa própria voz é diferente do modo como as pessoas nos ouvem. Só nós nos ouvimos desse jeito e por uma razão muito simples. Enquanto os outros nos ouvem através do ar que entra pelo aparelho auditivo, nós nos ouvimos através dos ossos, cartilagens e músculos internos de nossa cabeça. Por isso, sentimos tanta diferença. 

 
O áudio da fita chega aos nossos ouvidos através do ar, assim como a voz das outras pessoas. Logo, o timbre gravado soa estranho se comparado ao que ouvimos dentro de nossa cabeça. É do modo que está na fita que as pessoas realmente nos ouvem e esse jeito parece um tanto sem graça porque dentro da cabeça nossa voz é mais forte devido aos ecos internos de nosso crânio. Tudo, portanto, não passa de uma questão de ondas sonoras e de como elas se comportam ao passar por diferentes substâncias até chegar ao nosso cérebro.
 
Analisando pelo lado espiritual, não podemos deixar de fazer uma comparação entre os fenômenos da voz e a voz de Deus. O Senhor tem muitos meios de Se comunicar conosco. Ele pode nos falar através da natureza, do sentimento, das experiências da vida...Contudo, Sua principal fonte de comunicação é a Bíblia. Ali a Palavra do Senhor toma uma forma clara e nos revela a Sua vontade e o que devemos fazer para ser salvos. Por isso, Paulo escreveu que a fé vem por ouvirmos a mensagem. Em outras palavras, a Bíblia faz a voz de Deus chegar ao nosso coração através de nossos ouvidos. 
 
O grande problema é que alguns ouvem o eco da sua própria voz e confundem com a voz de Deus. É aí que surgem religiosos fanáticos pregando seus próprios preconceitos como se fossem doutrina de Deus, ou religiosos liberais tolerando coisas que Deus abomina em Sua Palavra. O que precisamos é discernimento para reconhecer no barulho do mundo qual é a verdadeira voz de Deus.
 
 
*Texto extraído daqui
Postado por Cultura Inúltil


Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]