Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
13 de novembro de 2018
min. 25º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Bolsonaro consultou Toffoli para anunciar assessor do STF na Defesa
28/04/2015 às 17h57

Blogs

Incrível anomalia - pessoas com rabo

Animais usam suas caudas para uma variedade de coisas. Para os peixes pode ser uma fonte de locomoção, animais terrestres a usam para afastar moscas, outros animais usam suas caudas para equilibrar-se, mas quando um ser humano desenvolve uma espécie de cauda, isso certamente é um sinal de que algo está errado.
 
Muitos não sabem, mas embriões humanos normalmente têm uma espécie de cauda de pré-natal que mede cerca de um sexto do tamanho do próprio embrião. Como o embrião se desenvolve em um feto, a cauda é absorvida pelo organismo em crescimento. Usualmente essas “caudas ou rabo” possui vértebras, vasos sanguíneos, músculos e nervos.
 
Um dos casos mais famosos desse tipo de anomalia foi noticiado em 2001 quando na Índia nasceu um bebê com rabo. Multidões de turistas e religiosos visitaram os templos na Índia, acreditando que o menino era um deus hindu reencarnado. O “rabo ou cauda” do bebê media 10 centímetros de comprimento, e o menino estava sendo exibido nos templos em toda a Índia, onde as pessoas pagaram para vê-lo.
 
Outro caso é de um homem chamado Chandre Oram , que vive na Índia again. Chandre se tornou famoso por seus 33 centímetros de rabo. De acordo com médicos da cauda Oram não é uma cauda de verdade, mas uma malformação congênita conhecida como espinha bífida, neste caso da categoria rara meningocele. A presença deste tipo de estruturas vestigiais é conhecido como um atavismo. Quando um embrião humano desenvolve uma cauda de verdade, situa-se como um prolongamento do cóccix, assim como a cauda de um cão ou um macaco. No caso de Chandre a sua cada emerge da sua região lombar, que é um sinal claro de que o problema é causado pela divisão da coluna. A cauda é constituída de um 13 polegadas (325 mm) de comprimento e 1 polegada (25 milímetros) de espessura do osso da espinha.
 
Chandre tem recusado qualquer operação para retirar a cauda. De acordo com a sua família, tornou-se uma parte dele que ele não poderia viver sem. No entanto, esta também tem os seus custos, como o fato de ele não conseguir uma esposa. Ele disse que cerca de vinte mulheres já rejeitaram suas propostas de casamento por causa de sua cauda. Ainda assim ele segue determinado e disse: "Eu decidi casar com a mulher que me aceitar e meu rabo."
 
*Com informações de www.sosvip.com.br


Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]