Dólar com. 5,131
IBovespa 0,89
05 de junho de 2020
min. 24º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel MP recomenda reelaboração de calendário para que ano letivo em Alagoas não seja prejudicado
19/05/2020 às 06h00

Blogs

O uso da tecnologia em sintetizadores de som

Florian Schneider, fundador da banda Kraftwerk


Mês passado faleceu Florian Schneider, um dos fundadores do Kraftwerk, banda essencial na disseminação de uso de computadores na produção musical. Mas a história do uso de tecnologia para sintetizar sons começou quase que junto da invenção dos computadores. Entre as décadas de 40 e 50, diversos pioneiros, como Raymond Scott, usavam salas inteiras de equipamentos para produzir sons. Mas foi em 1963 que o primeiro hit produzido com um sintetizador, por Delia Derbyshire e Ron Grainer, ganhou o mundo: a música tema do seriado inglês Doctor Who . Mas foi a partir de meados dos anos 70 que esse estilo de música se consolidou e explodiu nas paradas. Acabou conhecido como Synthpop. É essa história que o zine Treble conta através de uma seleção de 50 música essenciais do estilo. De Jean Michel Jarre à artistas atuais como Sharon Van Etten e Grimes, namorada de Elon Musk. Pelo caminho, Madonna, Prince, New Order, The Cure e até mesmo o jazzista Herbie Hancock. 

E se a música Winds of Change, da Scorpion, banda alemã de rock pesado, tivesse sido na verdade escrita pela CIA como parte de um sofisticado plano para derrotar o comunismo na Europa? Pois é essa a premissa da série de oito episódios do podcast Winds of Change, produzido pelo jornalista da New Yorker Patrick Radden Keefe. Ele investigou o assunto depois de receber a pista de uma antiga fonte com muitos contatos no mundo da espionagem. Durante a investigação, Keefe entrevistou ex-espiões, velhos membros do mundo da música e fãs de Scorpion da antiga União Soviêtica. Confira uma resenha no Vulture. 


Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]