Dólar com. 5,366
IBovespa -1,18
24 de setembro de 2020
min. 23º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Sinal da TIM em Alagoas apresenta instabilidade
17/04/2020 às 14h22

Blogs

Zebra dá à luz a filhote raro após cruzamento com asno


Um filhote ao lado da mamãe zebra, mas com listras tão discretas que o corpo castanho mal deixa perceber. Esse é o resultado de uma “fugidinha” da mamãe zebra. De acordo com a CNN, membros do SWT (Sheldrick Wildlife Trust) perceberam que as características incomuns do filhote eram, na verdade, bastante comuns, mas de um híbrido que nasceu do cruzamento entre a zebra e um asno (ou jumento, ou jegue), relação considerada bastante rara.

“Ao trabalhar com a vida selvagem, aprende-se a esperar o inesperado. Mesmo a história mais aparentemente simples pode eventualmente surpreender a todos nós”, escreveu o SWT em comunicado.

De acordo com testemunhas, que acionaram a equipe do SWT em 2019, a zebra se aventurou em uma comunidade que faz fronteira com o Parque Nacional Tsavo East e se enturmou bem rápido.

Ela foi resgatada pela equipe e transportada em segurança até o parque Nacional de Chyulu Hills e a equipe ligou os pontos da história assim que observou de perto o filhote. Com uma gestação de 12 meses, o fruto da escapada nasceu no parque e logo ficou claro quem era o pai: um asno que vivia na comunidade visitada pela zebra um ano atrás.

“Ela obviamente se familiarizou com um asno amoroso", escreveu a equipe do SWT.

O filhote está saudável e se desenvolvendo em ambiente seguro, mas o animal híbrido pode ter problemas no futuro, alerta a equipe. “O filhote combina o corpo robusto de seu pai asno e as pernas listradas de sua mãe zebra, o que contribui para uma criatura impressionante. Embora, de outra forma, deva levar uma vida normal, ele é um burro [N.E.: o híbrido entre o asno e outro equino, como a zebra ou o cavalo], o que significa que não será possível reproduzir com sucesso quando atingir a maturidade”, explica o SWT.

Animais híbridos costumam ter problemas em todas as espécies. No Ártico canadense, foram encontrados ursos polares e ursos "comuns" se reproduzindo, o que aumenta a população de ursos pardos enquanto a de ursos polares diminui.

Mas, voltando ao filhote do Quênia, ele está seguro, longe da zona de caça e parece se divertir bastante ao lado da mãe. Então, tudo bem!


Texto extraído daqui 


Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]